João Pessoa
Feed de Notícias

Cooperativa realiza cruzeiro de pesca com recursos do Empreender-PB

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 - 18:43 - Fotos:  José Marques / Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho acompanhou, nesta sexta-feira (18), os preparativos para a viagem do primeiro cruzeiro de pesca oceânica da Cooperativa Unipesca, em Cabedelo. O navio pesqueiro Albacora vai partir para o alto mar na tarde da próxima quarta-feira (23). Quinze pescadores vão passar um mês na região do arquipélago de Fernando de Noronha a 700 milhas de distância, tendo como meta pescar de 50 a 80 toneladas de peixe. A reforma do barco foi financiada pelo Empreender Paraíba.

Na ocasião, também foi feita a entrega simbólica de um cheque do Empreender Paraíba aos empreendedores individuais Joelma Morais e José Gomes da Cruz. Já o empreendedor José Guilherme Sousa assinou um protocolo de intenções no valor de R$ 210 mil para capital de giro, visando a operacionalização de dois barcos pesqueiros.

Com o valor investido por intermédio do Empreender Paraíba, de R$ 200 mil, os pescadores recuperaram a área externa e interna do barco, fizeram a manutenção das máquinas, compraram 40 toneladas de óleo, 50 toneladas de gelo, bateria, cabo para âncora, colchões e alimentação para os tripulantes. “Isso aqui é o início da retomada do funcionamento do Terminal Pesqueiro de Cabedelo”, afirmou Samuel Monteiro, presidente da Cooperativa que tem 60 sócios. O barco estava desativado há dois anos.

Ricardo Coutinho destacou que Cabedelo é uma cidade que tem na pesca uma simbologia muito forte e que os recursos do Empreender Paraíba, destinados a dezenas de pescadores, abrem portas para diversos outros empreendimentos. No caso do barco Albacora, se retornar da viagem de 30 dias com 50 toneladas de pescado, e se a média do quilo de peixe for de R$ 10,00, a renda bruta será de R$ 500 mil. “Isto significa um aumento na renda de muita gente nessa cidade e nós vamos continuar focando em parcerias com a cooperativa, com a prefeitura, para que a gente possa devolver a Cabedelo os seus melhores momentos do ponto de vista da cidade com o mar”, declarou o governador.

Ricardo ressaltou que até então os pescadores não haviam tido incentivo do Governo do Estado para se investir em barco pesqueiro e lembrou que, nos últimos dois anos, o Empreender Paraíba já investiu cerca de R$ 40 milhões, beneficiando milhares de pessoas. “A única coisa que nós queremos é estimular a renda e o emprego dos paraibanos”, declarou.

O governador acrescentou que Cabedelo passará por um processo no sentido de voltar a ser uma referência no pescado. “Nós estamos dando os passos com o Empreender Paraíba. Queremos trazer de volta a indústria da pesca para Cabedelo”, concluiu.

O Empreender-PB já realizou a liberação de quase R$ 800 mil reais, em Cadebelo, beneficiando diretamente 115 famílias. Entre estes estão pescadores artesanais, com seus 23 barcos, que foram atendidos com o valor de R$ 200 mil reais para a compra de materiais de pesca, como iscas, anzóis, nylon, corda e isopor.

O gestor do Empreender PB, Tárcio Pessoa, considera o investimento um primeiro passo para reativar a cadeia da pesca no Porto de Cabedelo. “O Empreender-PB não apenas financiou a reforma deste navio de pesca, como está apostando na reativação do Terminal Pesqueiro em Cabedelo”, declarou.

O Albacora tem capacidade para armazenar até 80 toneladas de pescado por viagem.  “Quando a gente descarregar um barco desses com mais de 30 ou 50 toneladas de pescado, vamos gerar muito mais emprego e movimentar esse lugar. Mais de 25 pessoas vão ser empregadas”, ressaltou o presidente da Unipesca, Samuel Monteiro. “O governador está alavancando a pesca aqui no Estado, tanto a pesca artesanal como a industrial, e esta é a primeira vez que o Governo do Estado investe na pesca com incentivos”, declarou.

Esse é um projeto piloto. Será feita uma viagem por mês. Por dia, devem ser pescadas cerca de três toneladas, principalmente de atum. A tripulação leva suprimento para 30 dias, tem material de primeiros socorros e sistema de comunicação. O barco tem ainda fábrica de gelo a bordo.

Segundo Samuel, em uma viagem por mês, o barco paga todos os participantes da pesca, além dos responsáveis pela separação e distribuição do produto, atendendo toda a demanda. “Estamos apostando muito nesse projeto em parceria com o Empreender-PB. Aqui nós temos outras empresas com seus investidores à frente, mas nada se compara ao que o Empreender-PB está fazendo por nós”, afirmou o presidente da Cooperativa.

Prestigiaram a solenidade no terminal pesqueiro do Porto de Cabedelo auxiliares do Governo do Estado, a exemplo do secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Marenilson Batista; o gestor do Empreender Paraíba, Tárcio Pessoa; o secretário chefe da Casa Civil, Lúcio Flávio Vasconcelos; o superintendente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Jácome, e ainda o prefeito de Cabedelo, José Maria de Lucena Filho, além de vários pescadores.