Fale Conosco

29 de novembro de 2012

Cooperar promove nove oficinas de capacitação no Sertão, Cariri e Litoral



O Cooperar vai promover, no mês de dezembro, nove oficinas de Aplicação da Metodologia Itog – Investimento, Tecnologia, Organização e Gestão, envolvendo 200 pessoas beneficiadas com as ações do Projeto.  As oficinas serão ministradas em São Mamede, Santa Luzia, Monteiro, Gurjão, Pitimbu, Mataraca e Bonito de Santa Fé.

Segundo o gestor do Projeto Cooperar, Roberto Vital, o subprojeto de Apoio à Piscicultura será discutido no Assentamento Novo Mundo, no município de São Mamede, região de Patos. Já o subprojeto de Caprinocultura será tema de reunião em Santa Luzia, na comunidade Riacho do Fogo, envolvendo 47 pessoas.

Em Zabelê, na região de Monteiro, a oficina será realizada na Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos e será destinada a 30 beneficiários. Será discutido todo processo de implementação das ações de reforma e ampliação das instalações da Usina de Beneficiamento de leite, de acordo com as exigências da vigilância sanitária.

Em Monteiro, as oficinas acontecerão nas comunidades Riacho Verde, Pocinhos, Limitão e Santa Catarina, onde será instalada toda a estrutura necessária para funcionar a Casa do Mel, através do  subprojeto de apoio à Apicultura da Associação Mel de Toda Flor. Na sede da Capribom (Cooperativa dos Produtores Rurais de Monteiro Ltda), será discutido o subprojeto de Apoio à Caprinocultura. O Cooperar repassará recursos para a instalação de 10 tanques de resfriamento do leite e reforma de abrigos existentes.

No município de Gurjão, os 23 beneficiários do subprojeto de Apoio à Apicultura discutirão, na comunidade Campo Comprido, o processo de implantação e gestão de uma unidade de extração de mel.

Na região do Litoral Sul, será construído, com os participantes, o processo de gestão do trator e implementos agrícolas com os 20 sócios da Coopervida. Será no Assentamento Nova Vida, município de Pitimbu.

Já nas comunidades Uruba e Catú do Rosário, em Mataraca, no Litoral Norte, o tema discutido com 13 beneficiários será o processo de implementação e gestão do subprojeto de Apoio à Apicultura.

Na área de Itaporanga, na sede do município Bonito de Santa Fé, vai ser discutido o sistema de parcerias necessárias e o processo de organização dos agentes ambientais que se dedicarão à coleta e beneficiamento de resíduos sólidos, contribuindo para a sustentabilidade ambiental do município contemplado, bem como dos demais municípios envolvidos.