João Pessoa
Feed de Notícias

Cooperar firma parceria com o Sebrae para implantar programa de desenvolvimento local

terça-feira, 26 de abril de 2016 - 16:24 - Fotos: 

Atendendo ao convite do Projeto Cooperar, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas na Paraíba (Sebrae-PB) apresentou nesta segunda-feira (25) a proposta de atuação do Desenvolvimento Econômico Territorial (DET) aos colaboradores da instituição governamental, como forma de incrementar o PB Rural Sustentável, implantado em parceria com o Banco Mundial, que vai beneficiar aproximadamente 145 mil pessoas nos próximos seis anos com recursos no valor de US$ 80 milhões, o equivalente a R$ 247,2 milhões.

O DET tem a finalidade de implementar ações integradas com parceiros estratégicos para o desenvolvimento local/territorial, com foco na implementação de políticas públicas, governança e liderança que gerem oportunidades empresariais mais sustentáveis, trazendo eficiência produtiva, redução dos impactos ambientais e alternativas de negócios, trabalho e renda.

A proposta de atuação do Sebrae-PB se apoia em cinco eixos de atuação, entre eles a pesquisa e validação de informações qualificadas; articulação para formação de redes de cooperação; definição de setores produtivos prioritários; ambiente de negócios favoráveis com a implementação da lei geral da micro e pequena empresa; nomeação do agente de desenvolvimento para atuação em rede e estruturação de um programa de compras governamentais.

Em cada município, a instituição busca o apoio da comunidade local por meio da gestão municipal, para que possa implantar a proposta por intermédio da sala do empreendedor e assim poder pôr em prática o DET. No Curimataú e Seridó paraibanos já foram implantadas 15 salas e sete estão em processo de implantação.

Em pesquisa realizada pela instituição, na região do Curimataú e Seridó da Paraíba existem 18 segmentos produtivos com potencial para exploração, dentre elas a avicultura, fruticultura, caprinovinocultura, artesanato, grãos, algodão orgânico, sisal, apicultura, bovinocultura e turismo.