João Pessoa
Feed de Notícias

Convênio entre Governo e FAP beneficia dois mil portadores de câncer

domingo, 23 de dezembro de 2012 - 10:39 - Fotos:  Claudio Góes/Secom-PB

O vice-governador Rômulo Gouveia visitou, nesse sábado (22), o Hospital  Escola da FAP (Fundação  Assistencial da Paraíba ), em Campina Grande,  e reafirmou a renovação do convênio do Governo  do Estado  com a instituição. O Governo repassou, em 2012, cerca de R$ 840 mil ao hospital, que é uma entidade filantrópica, com vistas à aquisição de medicamentos para cerca de dois mil pacientes acometidos ou portadores de câncer em tratamento quimioterápico. Os recursos são do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza no Estado da  Paraíba (Funcep).

Na ocasião, Rômulo Gouveia anunciou que o convênio está sendo renovado para 2013.  Ele foi recebido pelo presidente da unidade hospitalar, médico Jairo Oliveira; pelo gerente financeiro, Diego Gadelha Menezes; e pelo gerente do Centro de Cancerologia, médico Rogério de Assis Lira.

“Esse convênio  celebrado com o Funcep  nos  ajuda e muito na compra dos quimioterápicos.  Para nenhum paciente com câncer falta hoje medicação,  diferente de outrora.  Eu vejo no gestor estadual que quando quer realizar algo ele realiza . Por isso, agradecemos ao Governo”, salientou Jairo Oliveira.

O presidente  explicou que  a FAP é um hospital  filantrópico e a direção não tem interesse  em pacientes particulares, mas oferecer saúde  para as pessoas carentes de toda a Paraíba.  Jairo ainda apresentou uma  proposta ao Governo  para que os  usuários  possam  fazer doações ao hospital  por meio  da  conta de água da Cagepa; e solicitou ajuda para compra de um acelerador linear.

O vice-governador disse que o Governo do Estado vai analisar as reivindicações e acrescentou  que  está  unido com a bancada da Paraíba  no Congresso Nacional  para liberar cerca de R$ 5 milhões em emendas empenhadas ao Orçamento  Geral  da União destinado ao hospital.

Rômulo  ainda  conversou com pacientes nos centros  de  Cancerologia  e
Hemodiálise. Em seguida, visitou as obras do novo Centro de Hemodiálise na FAP, que  vai dobrar o número  de  atendimentos  aos pacientes  com problemas renais.  Hoje,  são  atendidas 77 pessoas.