Fale Conosco

8 de janeiro de 2014

Construção do Instituto de Polícia Científica de Campina Grande segue dentro do cronograma previsto



As obras de construção do prédio do Instituto de Polícia Científica (IPC) em Campina Grande seguem dentro do cronograma previsto e devem ser concluídas nos próximos meses. O novo IPC está sendo erguido na Alça Sudoeste, em frente ao terreno onde funcionava o antigo lixão. Nessa terça-feira (7), o diretor-geral do IPC, Humberto Pontes, foi acompanhar o andamento das obras.

De acordo com Pontes, quando o novo prédio estiver funcionando, todos os serviços do IPC que são oferecidos em endereços diferentes no município passarão a ser realizados no mesmo local. “Aqui em Campina Grande, o Instituto tem duas unidades no bairro da Prata, uma no bairro de Bodocongó e outra na Casa da Cidadania, onde funciona o setor de identificação, ou seja, é tudo separado. Vamos concentrar tudo isso no prédio novo do IPC”, informou.

No espaço, haverá ainda a sala da direção e cinco compartimentos, para onde serão levados os resíduos sólidos do IPC. Alguns exames que são feitos somente em João Pessoa passarão a ser realizados em Campina Grande, com a aquisição de equipamentos novos para a unidade. “Podemos dizer que aqui está sendo erguido um dos melhores núcleos do IPC do Nordeste”, ressaltou Humberto.

O diretor do órgão em Campina, Márcio Leandro, disse que a proximidade das futuras instalações com o Hospital de Trauma da cidade é mais uma vantagem. “Muitos dos nossos serviços são ligados ao Hospital de Trauma. Como estaremos aqui bem perto em breve, isso vai dar celeridade em algumas atividades, melhorando ainda mais a qualidade do serviço prestado à população”, frisou.