Fale Conosco

15 de novembro de 2011

Consocial prioriza criação de Secretaria de Transparência em Poço de José de Moura



A cidade de Poço de José de Moura, localizada na microrregião de Cajazeiras, sediou na última sexta-feira (11), a I Conferência Municipal de Transparência e Controle Social (Consocial). O evento aconteceu na sede do ProJovem Adolescente e reuniu participantes do poder público e da sociedade civil com o objetivo de debater e propor mecanismos de sensibilização da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública.

Conhecida como “Princesinha do Sertão”, a cidade se destacou pela participação efetiva da população na conferência. No período da manhã, o presidente da Comissão Organizadora Estadual, Emmanuel Arruda abriu os trabalhos com uma apresentação sobre o tema da conferência “A sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública”.

Logo após foi realizada a divisão de grupos para discussões dos quatro eixos temáticos da Consocial: promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos; mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública; atuação dos conselhos de políticas públicas como instâncias de controle; e diretrizes para a prevenção e o combate à corrupção.

Para o prefeito de Poço de José de Moura, Manuel Alves Neto (DEM), a conferência elevou o nome do município no cenário estadual. “Nossa cidade tem apenas 15 anos de emancipação política e apesar de pequena e tão nova, já dá o exemplo, discutindo a importância do acompanhamento social e da transparência na administração pública”, disse.

No período da tarde, foram priorizadas as 20 propostas que serão levadas à etapa estadual, prevista para os dias 15, 16 e 17 de março, em João Pessoa. Destacaram-se a criação da secretaria de transparência no município, a inserção de mecanismos de controle social de forma estratégica na grade curricular em todos os níveis escolares e a promoção de espaços de formação continuada para gestores, técnicos, membros dos conselhos e sociedade para o acompanhamento de políticas públicas. Tâmara Soleanne da Silva Dantas e Cássio Kennedy de Sá Andrade foram eleitos como delegados que representarão a sociedade civil na conferência estadual. Não houve candidatos eleitos pelo poder público.

“Esse evento nos dá a oportunidade de debater, propor e apontar ideias com relação à transparência e combate a corrupção. Pretendemos enviar boas propostas até a conferencia estadual e nacional pra fazermos parte do Plano Nacional de Transparência e Controle Social”, afirmou o coordenador da evento no município, Tirso Alves de Moura Neto.

A Consocial foi convocada por mais de 70 municípios paraibanos. A próxima cidade a realizar a conferência será Damião, localizada há 200 km da capital. Outras informações podem ser obtidas no site www.consocial.pb.gov.br ou no facebook.com/consocial e ainda no twitter @consocialpb.