João Pessoa
Feed de Notícias

Conselho se reuniu para discutir a redução das desigualdades regionais

terça-feira, 1 de junho de 2010 - 10:36 - Fotos: 
Traçar estratégias para diminuir as desigualdades regionais. Este foi o principal objetivo da reunião, realizada na tarde desta segunda-feira (31), entre os membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Paraíba. O encontro ocorreu no Palácio da Redenção e reuniu representantes do Governo, do Sebrae, do Instituto de Pesquisas e Estatísticas Aplicadas (Ipea) e do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual da Paraíba (Ideme).

Na ocasião, houve apresentação de alguns estudos sobre o assunto. De acordo com o secretário de Estado de Agricultura, Ruy Bezerra, os indicadores mostraram que o Nordeste está acompanhando o crescimento do resto do país, mas o ritmo ainda é insuficiente para acabar com as desigualdades regionais.

“Estamos definindo diretrizes para fazer a Paraíba se desenvolver acima dos índices apresentados pelo Brasil. Se continuar da atual forma, permaneceremos desiguais e mais pobres que as diversas regiões do país”, declarou o secretário Ruy.
 
Durante o encontro, os conselheiros discutiram algumas ações que serão apresentadas ao governador José Maranhão com a finalidade de ajudar a Paraíba a reduzir as diferenças regionais. Bezerra acrescentou que Estado tem que aumentar o índice de investimento para elevar o nível de desenvolvimento. “Estamos discutindo apenas diretrizes gerais. No futuro, iremos debater questões pontuais, como caprinocultura e geração de energia”, completou.  

Um dos temas que podem ser abordados no futuro é a seca. Mesmo 80% do território paraibano sendo localizado na região do semiárido, a falta de chuva não é considerada a principal responsável pelo pouco desenvolvimento do Nordeste.

O secretário explica que os locais de muita insolação serão utilizados como fonte geradora de energia elétrica. “Está sendo instalado em Coremas um grande projeto no valor de quase R$ 500 milhões para construção de 100 hectares de hectares de painéis para transformar a luz solar em energia elétrica”, acrescentou.    

Sobre o Conselho

Criado em maio de 2009, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Paraíba surgiu com a missão de ajudar o governador a criar políticas públicas para melhorar a qualidade de vida no Estado. O órgão é formado por 40 entidades públicas e privadas que fazem reuniões sistemáticas para discutir ações em várias áreas.
 
O coordenador do Conselho, Luiz Augusto Crispim Filho, explicou que, após serem amplamente discutidas, as estratégias são apresentadas ao governador José Maranhão. “O conselho é dividido em subgrupos que abordam temas como infraestrutura, tecnologia, segurança. O governador recebe as propostas formuladas e pode aplicar ou rediscutir com a sociedade”, observou.

Próximas reuniões

Outras reuniões serão realizadas até o próximo dia 9 para discutir problemas em outras áreas da Paraíba. Os encontros ocorrerão no período da tarde, no Palácio da Redenção, nas seguintes datas:

02/06 – Reunião do grupo “Economia e projetos estruturantes”
07/06 – Reunião do grupo “Participação Democrática na Gestão pública e Combate à pobreza e às desigualdades sociais”
08/06 – Reunião do grupo “Direitos básicos, educação, saúde, e segurança”
09/06 – Reunião do grupo “Infraestrutura)

Nathielle Ferreira, com fotos de Ernane Gomes, da Secom-PB