João Pessoa
Feed de Notícias

Conselho Estadual de Desenvolvimento Turístico se reúne e avalia ações de 2015

terça-feira, 15 de dezembro de 2015 - 16:53 - Fotos:  Vanivaldo Ferreira

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Turístico (Condetur) se reuniu na manhã desta terça-feira (15), no Hotel Verde Green, em João Pessoa. Na pauta, discussões, apresentação de projetos e balanços de ações e atividades do setor turístico em 2015.

A reunião foi presidida pelo secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Laplace Guedes, e pelo gestor do Centro de Convenções de João Pessoa, Ferdinando Lucena, contando ainda com a participação do secretário executivo do Meio Ambiente, Fabiano Lucena, representantes da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Sebrae e diversos órgãos relacionados ao setor turístico.

Primeiramente a representante do Sebrae, Regina Amorim, fez apresentação do Projeto de Turismo de Experiência na Paraíba pelo Sebrae, destacando diversos destinos turísticos da Paraíba, especialmente do interior do estado, tentando mostrar outras belezas paraibanas afora o litoral.

Em seguida, o secretário executivo do Meio Ambiente, Fabiano Lucena, apresentou o Plano de Manejo do Parque Estadual Marinho Areia Vermelha. “O Parque de Areia Vermelha é uma Unidade de Conservação criada em 2000, mas até agora não possui o Plano de Manejo, exigido por lei. O que queremos é disciplinar a área de forma ecologicamente correta de utilização, ainda assim, em prol do turismo”, explicou o secretário, resumindo a ação, que é bastante abrangente em termos ambientais, comerciais e turísticos.

Por este motivo e pela importância do tema, que tem gerado diversos debates, o secretário Laplace Guedes afirmou que este assunto voltaria a ser discutido em futuras reuniões do Conselho. Em seguida, a Setde realizou apresentação do Banco de Imagens do Destino Paraíba. “Creio que este é um projeto maravilhoso, pois estarão disponíveis para uso aberto, de domínio púbico, excelentes imagens de toda a Paraíba”, comentou o secretário. O projeto tem o foco na diversidade, igualmente mostrar a Paraíba em sua totalidade, as atrações do interior e não somente do conhecido litoral. O endereço eletrônico do projeto é www.flickr.com/photos/setde. 

Alguns números do turismo em 2015 – Os números mostram que 2015 foi um ótimo ano para o turismo paraibano.  O Setor de Estatísticas da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), em sua última divulgação, relatou os números da pesquisa mensal da ocupação hoteleira na Grande João Pessoa e nas demais cidades turísticas do estado referente a outubro. A pesquisa apontou que 72,77% dos leitos disponíveis foram ocupados.  No período dos últimos 12 meses, a média da taxa foi de foi 71,74%.

Em novembro, o superintendente da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) na Paraíba, David Oliveira, informou que o número de voos extras para o Aeroporto Internacional Castro Pinto foi ampliado de 223 para 260. A Infraero havia anunciado a vinda de 223 voos extras, mas esse número teve um acréscimo de 37 operações e, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que autoriza as operações, existe a possibilidade de esse número aumentar até o fim da alta estação.

Por causa do evento internacional da Organização das Nações Unidas (ONU), a décima reunião anual do Fórum de Governança da Internet (IGF), ocorrida em novembro no Centro de Convenções de João Pessoa, a ocupação dos hotéis de João Pessoa ficou acima de 95%. A expectativa da classe empresarial turística é de que o evento tenha movimentado no período recursos de cerca de R$ 8 milhões para o estado, entre hotelaria, gastronomia, transporte, lazer, etc. 

Avaliação – Ao final, o secretário Laplace Guedes avaliou a reunião como produtiva:“A reunião foi extremamente produtiva e serviu para definirmos prioridades que efetivamente contribuam para o aumento da competitividade dos nossos destinos turísticos, além de possibilitar passos importantes na consolidação da política turística estadual em 2016, mediante uma gestão pública descentralizada, participativa e cooperativa, capaz de dialogar com os setores que estão na pauta positiva dessa instância de governança estadual”.