Fale Conosco

3 de abril de 2012

Conselho Estadual de Cultura realiza primeira reunião do ano



O Conselho Estadual de Cultura vive um momento novo na sua história, devido ao caráter democrático e representativo que norteou a escolha dos seus membros, contemplando representantes da sociedade organizada de várias regiões da Paraíba e de diversos segmentos artístico-culturais. Essa foi a avaliação que o secretário de Estado da Cultura, Chico César, fez após a primeira reunião do colegiado, realizada nesta terça-feira (3), na Fundação Casa de José Américo (FCJA).

Chico César considerou um aspecto positivo a presença de diversos suplentes, além dos titulares, na reunião. “Isso demonstra que eles estão dispostos a trabalhar, sistematicamente, em prol da cultura paraibana. Dá uma vitalidade!”, comemorou.

Os conselheiros se reunirão uma vez por mês, em reuniões ordinárias – e, eventualmente, em reuniões extraordinárias, a exemplo do próximo dia 12 de abril. Na pauta desta terça, destacaram-se a discussão do regimento do Conselho e as comemorações do centenário do livro “Eu”, de Augusto dos Anjos, destacado por Chico César como um marco, não apenas na cultura paraibana, mas na literatura universal.

Conforme o decreto, “o Conselho Estadual de Cultura é um órgão colegiado, vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, com atribuições normativas, deliberativas, consultivas e fiscalizadoras, cuja finalidade é promover a gestão democrática da política de cultura do Estado”.

Os 46 membros titulares e suplentes foram empossados no último dia 22 de março, pelo governador Ricardo Coutinho. Após a reformulação na sua configuração, o conselho passou a contar com representantes do poder público, da sociedade organizada e da classe artística, democratizando e pluralizando a discussão da cultura.