Fale Conosco

7 de outubro de 2015

Conselho Estadual de Cultura debate implementação do Plano Estadual de Cultura



A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realiza nesta quinta-feira (8) uma reunião do Conselho Estadual de Políticas Culturais (Consecult), a partir das 8h, na sala 1 do Espaço Cultural. Além de apresentar as diretrizes do Plano Plurianual (PPA), serão pontuadas as deliberações do I Encontro Nacional de Conselhos de Cultura, ocorrido em Campina Grande, e as propostas para execução do Plano Estadual de Cultura que define as metas da gestão públicas nos próximos 20 anos.

Participam desta reunião representantes dos diferentes segmentos culturais que irão contribuir, através de proposições para a construção do Plano Estadual de Cultura, ações e metas para os próximos 10 anos. Além de envolver diversos segmentos culturais do estado, ainda se fazem presentes representantes das vinculadas da Secretaria de Cultura tais quais Funesc, Iphaep, Fundação Ernani Sátiro (Funes) e Fundação Casa de José Américo (FCJA).

Outro assunto desta reunião será o I Encontro Nacional de Conselhos de Cultura, realizado em Campina Grande, que aglutinou a plenária regional do Fórum Nacional de Conselhos Estaduais de Cultura e contou com participação de representantes dos Conselhos Estaduais de Cultura do Nordeste. Além de sistematizar as ações de atuação integradas com o intuito de potencializar a execução das diretrizes apresentadas, o evento ainda realizou a assembleia de criação da Rede de Conselhos Municipais de Cultura da Paraíba já divulgando 78 assinaturas de apoio pautando, assim, a democratização da gestão de cultura através de conselhos participativos de empoderamento social.

O secretário de Cultura, Lau Siqueira, avalia a atividade do Consecult como um ótimo espaço para a construção e fortalecimento das políticas culturais, pela diversidade de representações presentes e pelo rico debate que se estabelece. “É muito importante debater a Política Cultural com a sociedade através das reuniões do Conselho. Realizamos o I Encontro Nacional, com participação de diversos segmentos organizados, e, agora, partimos para a implementação do Plano Estadual de Cultura, que culmina no processo colaborativo, democrático e participativo”, concluiu.