Fale Conosco

12 de outubro de 2011

Conselho de Segurança Turística vai definir melhorias na iluminação pública da orla marítima de João Pessoa



O recém criado Conselho de Segurança Turística, formado por entidades públicas estaduais e municipais envolvidas com a segurança pública, infraestrutura e promoção humana, e o trade turístico se reúnem nesta quinta-feira (13) para discutir melhorias no sistema de iluminação pública em áreas da orla marítima de João Pessoa.

O encontro começará às 9h, no auditório da Empresa Paraibana de Turismo (PBtur), em Tambaú. No encontro também vão ser discutidas maneira de se aprimorar o atendimento às crianças e adolescentes em situação de risco social e em conflito com a lei que convivem na Zona Especial de Turismo (ZET’s) que está sendo implantada em João Pessoa até o início do verão, entre as praias do Cabo Branco à Manaíra.

De acordo com o presidente do Conselho, capitão Onierbeth Oliveira, da Companhia Especial de Atendimento ao Turista (Ceatur), a segurança pública e a qualidade do atendimento ao turista exigem uma abordagem integrada e multissetorial. Ele entende que é necessária a participação efetiva de toda a sociedade na busca de soluções efetivas e sustentáveis.

Onierbeth Oliveira explicou que as linhas de ação vão contemplar os principais problemas mapeados nesta área e que estão diretamente relacionados com a segurança. O capitão citou a iluminação pública, que tem alguns pontos que se apresentam deficitários, bem como a situação das pessoas em risco social que convivem na orla da capital.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBtur), Ruth Avelino, lembrou que um dos vetores importantes para a promoção do turismo é dotar o produto turístico em questão de uma infraestrutura que envolva segurança, preservação, qualidade do atendimento e autoestima da população. “São esses temas que estão norteando as discussões do Conselho de Segurança Turística”, afirmou.