João Pessoa
Feed de Notícias

Conselho de Desenvolvimento fecha ciclo de reuniões de grupos temáticos

quinta-feira, 13 de maio de 2010 - 19:29 - Fotos: 
Os membros do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social da Paraíba (CDES/PB) encerraram na tarde desta quinta-feira (13), o ciclo de reuniões de grupos temáticos, após quatro dias de debates sobre temas e projetos estruturantes para desenvolver os municípios de todo o Estado.

Os trabalhos foram encerrados pelo sexto grupo temático debatendo as ‘Atividades Econômicas e Projetos Estruturantes’, no Salão Rosa do Palácio da Redenção, em João Pessoa. A próxima reunião do colegiado está agendada para a primeira quinzena de junho deste ano. Todas as propostas serão levadas a esse próximo encontro, para que sejam apreciadas e votadas pelos 44 conselheiros.

Propostas ambientais – O superintendente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Ronilson da Paz, destacou que as reuniões mostraram como o Estado pode crescer de modo sustentável.

“Temos uma preocupação com relação aos recursos naturais sem licenciamento e sem autorização ambiental e, por isso, o órgão apresentou na reunião o programa ‘Arco Branco’, em referência a Caatinga. O Ibama mostraria ao pequeno e o grande agricultor para orientá-lo sobre a maneira adequada de obter licenças para desmatamento, da queima controlada, entre outras técnicas. Outra proposta apresentada foi o uso de tanque rede para criação de peixes no mar”, explicou.

Avaliação – Já o secretário de Estado das Finanças, Marcos Ubiratan, avaliou que a falta de projetos estruturantes são ciclo vicioso e na hora em que o Estado rompe com isso começa a crescer. “Precisamos criar uma infraestrutura para que a economia da Paraíba se desenvolva. As sugestões que vão sair desses grupos são de uma importância vital para o Governo de Estado e acredito que serão acatadas pelo governador José Maranhão”, disse.   

Divididas em seis grupos temáticos, as reuniões levaram à tona os temas como infraestrutura, educação, saúde, segurança pública, participação democrática na gestão pública, combate à pobreza e às desigualdades sociais, desenvolvimento regional, ciência e tecnologia, atividades econômicas e projetos estruturantes. Nesses encontros, os participantes puderam apresentar propostas, mostrar os projetos que estão sendo desenvolvidos ou em andamento em todo o Estado.

O que é – O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social foi criado pela Lei nº. 8.810, de 26 de maio de 2009, e tem ação consultiva, constituído com a finalidade de contribuir na formulação de políticas e diretrizes públicas específicas, voltadas ao desenvolvimento econômico e social do Estado, produzindo indicações normativas, propostas políticas, projetos e programas de fomento que venham a complementar as ações governamentais. A Lei foi publicada no Diário Oficial, edição do dia 27 de maio do ano passado.

Gledjane Maciel, com fotos de Walter Rafael e José Lins (Mineirinho), da Secom-PB