João Pessoa
Feed de Notícias

Congresso e Encontro Científico apresentarão mais de 450 trabalhos

quarta-feira, 18 de novembro de 2009 - 10:47 - Fotos: 

De acordo com a coordenadora geral de Pesquisa, a professora Edja Maria Melo de Brito Costa, estima-se que serão mostrados 330 trabalhos advindos da iniciação científica, 90 provenientes do Programa de Incentivo à Pós-Graduação e Pesquisa (Propesq) e 70 oriundos da Pós-Graduação. Edja salientou que em 1991, iniciou-se a estruturação dos grupos de pesquisa institucionais, sendo a sua organização incrementada no correr dos anos, com crescimento significativo a partir de 2002.

De acordo com a docente, a UEPB possui, atualmente, 80 grupos de pesquisa cadastrados e certificados no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil/CNPq, em oito áreas do conhecimento: Ciências Agrárias; Engenharias; Ciências Biológicas; Lingüística, Letras e Artes; Ciências Exatas e da Terra; Ciências Sociais Aplicadas; Ciências da Saúde e Ciências Humanas.

Com o intuito de consolidar os grupos de pesquisa institucionais, através do apoio aos pesquisadores vinculados às linhas de pesquisas, especialmente, aquelas trabalhadas nos programas de Pós-Graduação stricto sensu, recomendados pela Capes, a UEPB tem apresentado estratégias de fomento à pesquisa, segundo acrescentou. “Considerando que a qualidade da Pesquisa depende de um ambiente de trabalho que assegure condições de produtividade, têm sido estabelecidas melhorias na dimensão da infra-estrutura, especialmente, com a construção de laboratórios”, apontou.
 
Mais investimentos para a Pesquisa
 
Em 2008 – em conformidade com a Resolução CONSEPE nº 03/2008 – a UEPB lançou o Edital 01/2008/PROPESQ, que possibilitou um investimento de R$1 milhão em pesquisa.  Em 2009, a UEPB participou da seleção pública de propostas para apoio a projetos institucionais de implantação de infra-estrutura de pesquisa (através da chamada pública MCT/FINEP/CT-INFRA – PROINFRA – 01/2008) obtendo aprovação de recursos na ordem de R$1 milhão e 323 mil da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), a serem investidos na construção de um Biotério e aquisição de equipamentos para os laboratórios das áreas de Ciências Ambientais, Química e Biologia.

Neste mesmo ano, a Instituição obteve aprovação no Edital Pró-Equipamentos 2009 da Capes, adquirindo recursos para aquisição de equipamentos de pequeno e médio porte, destinados a laboratórios de pesquisa vinculados aos Programas de Pós-Graduação recomendados pela Capes. Este Edital priorizou investimentos em equipamentos de laboratórios científicos e tecnológicos a serem compartilhados e de uso comum no desenvolvimento de projetos de pesquisa.

No inicio de 2009, a Universidade Estadual da Paraíba e a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba firmaram um convênio com a FINEP – vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT) – e o Ministério da Saúde para a instalação do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde – NUTES. O projeto consiste na estruturação de um centro especializado em Engenharia Biomédica Após a implantação de todas as etapas dos projetos, o custo global será em torno de R$ 12 milhões entre recursos da FINEP/MCT, Ministério da Saúde, UEPB, UFCG e Parque Tecnológico.

Ascom/UEPB