Fale Conosco

12 de maio de 2015

Congresso debate perspectivas de crescimento do Gás Natural Veicular



A perspectiva de crescimento do mercado de Gás Natural Veicular (GNV) num cenário de alta no preço da gasolina será um dos temas debatidos no I Conepetro (Congresso Nacional de Engenharia de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), que será aberto nesta quarta-feira (13) e segue até a sexta-feira (15), no Centro de Convenções Raymundo Asfora, em Campina Grande.

O I Conepetro é realizado pelo curso de Engenharia de Petróleo de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) com apoio da PBGás (Companhia Paraibana de Gás), que convidou dois palestrantes de renome nacional no segmento do gás natural.

Para falar sobre o Mercado de GNV no Brasil- Situação e Perspectivas nesta quinta-feira (14), às 17h, a PBGás convidou o gerente de Planejamento Estratégico e Competitividade da Associação Brasileira de Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegas), Marcelo Mendonça.

Também foi convidado o diretor de Marketing e Desenvolvimento de Negócios da Ecogen Brasil, Pedro Luiz Mendes, que profere palestra na sexta-feira (15), às 16h, sobre Geração Distribuída e Coogeração de Energia nos segmentos Industrial e Comercial. Profissionais, gerentes e professores da Petrobras, da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do IBEC-RJ, da Universidade Federal Fluminense, da UFRN e da UFCG estão entre os palestrantes do congresso.

O presidente da PBGás, George Morais, afirmou que faz parte da missão da companhia promover ações inovadoras que fomentem o desenvolvimento tecnológico e econômico do Estado. Ele destacou a importância de estar junto com a UFCG neste espaço de discussão sobre a produção, extração e as inovações tecnológicas no campo do petróleo e do gás natural.

Projeto Borborema – George Morais destacou que a PBGás acredita no potencial de Campina Grande com a execução do projeto Borborema, com investimentos de mais de R$ 7,7 milhões na ampliação da rede de distribuição do gás residencial e comercial nos bairros do Catolé e Mirante, além do segmento industrial com 12 grandes indústrias como a Coteminas, Alpargatas e Vitamassa que utilizam o gás natural como combustível.

Stand – Durante os três dias, a PBGás estará com um stand no evento onde fará exposição de material técnico de regulagem e medição de gás natural residencial, além de vídeos institucionais e materiais informativos sobre campanhas do GNV, gás residencial e industrial e serviços da companhia no Estado.

O encontro vai reunir pesquisadores, docentes, estudantes de pós-graduação e graduação e profissionais de empresas nas áreas de interesse, onde se aspira incentivar o debate, a reflexão e o enfrentamento dos desafios teóricos e práticos na área de Gás e Petróleo. Mais informações sobre a programação estão disponíveis no endereço eletrônico www.conepetro.com.br.