João Pessoa
Feed de Notícias

Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente reúne alunos e professores

segunda-feira, 4 de novembro de 2013 - 18:32 - Fotos:  Diego Nóbrega

Mais de 200 pessoas, entre alunos e professores, participam nesta segunda-feira (4) e terça-feira (5), da Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CEIJMA). O evento, que está sendo realizado na Pousada Som das Ondas, em Jacumã/PB, foi aberto pela secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, e contou também com a presença de técnicas do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Ministério da Educação (MEC).

Para a secretária de Estado da Educação, essa é uma ação muito importante e que está causando grande mobilização tanto na escola quanto na mídia, sobretudo nas redes sociais. “Esse é um momento importante para refletirmos, pois o nosso bem-estar faz parte do equilíbrio do meio ambiente e a gente precisa, enquanto escola, respirar e mostrar como podemos contribuir, para podermos acolher e ser ativo nesse processo, acolhendo a realidade de cada região”, destacou Márcia Lucena.

O representante do coletivo jovem Jonas Santos agradeceu a presença de todos e ressaltou que a mudança não vai começar na conferência, mas na escola, na comunidade, na rua. Ele falou da sua experiência no Coletivo, onde está há 10 anos. “Esse é o momento de semear, mas tenho certeza que daqui vão sair muitos frutos, para que possamos construir um mundo melhor, mais comprometido com as questões ambientais, pois a transformação deve começar de casa”, salientou.

A coordenadora de Educação Ambiental do MEC, Simone Portugal, disse que está vendo as conferências regionais e estaduais com muita esperança, principalmente devido às mobilizações que ocorreram nas escolas, onde a Paraíba foi destaque com a mobilização de 591 escolas públicas e privadas e 85 projetos aprovados. “A ação do MEC é um ponto muito importante para que a conferência não seja pontual, mas tenha continuidade na escola. O MEC, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), está disponibilizando recursos para o projeto escola sustentável. Esse ano foram selecionadas 10 mil escolas no País. No ano que vem, as 17 mil escolas que participaram das conferências no Brasil inteiro também serão assistidas pelo PDDE Escola Sustentável”, finalizou.

A representante do MMA, Neusa Barbosa, ressaltou que é importante a participação nas conferências, mas o mais importante é a participação dos alunos na escola. “É no chão da escola que as coisas vão ser postas em prática. Essa é uma ação afirmativa que vai representar escolas, inclusive indígenas, quilombolas e de assentamentos rurais, numa troca de experiências”. Neusa Barbosa louvou a iniciativa e agradeceu a Secretaria da Educação da Paraíba por apoiar a conferência.

Durante o evento foi realizada a leitura do regulamento da CEIJMA e a oficina temática de educomunicação para os delegados. À tarde foi proferida a palestra sobre o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) – Escolas Sustentáveis para os professores.

Nesta terça-feira (5), o evento continua com uma apresentação cultural e a socialização dos grupos temáticos. Em seguida, serão apresentados os 25 projetos das escolas estaduais. O encerramento da conferência contará com uma apresentação em vídeos com imagens e música dos melhores momentos da CEIJMA.

Conferência Estadual – Durante a conferência serão escolhidos 25 delegados para representar a Paraíba na Conferência Nacional, sendo três vagas asseguradas exclusivamente para escolas indígenas, quilombolas e de assentamentos, conforme definição do Regulamento Nacional.

Etapa Nacional – Após a Conferência Estadual, acontecerão o Encontro Preparatório e a 4ª Conferência Nacional, que terá como tema “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis”. O evento é organizado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), com o apoio da Comissão Organizadora Estadual (COE-PB), do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

O encontro preparatório será realizado nos dias 21 e 22 de novembro como forma de organizar os projetos dos delegados e professores selecionados em cada Estado. A Conferência Nacional acontecerá em Brasília, dos dias 23 a 28 do mesmo mês. O objetivo da Conferência é fortalecer a educação ambiental nos sistemas de ensino, públicos e privados, propiciando atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais, com ênfase na participação social e nos processos de melhoria da relação ensino-aprendizagem, em uma visão de educação para a diversidade, inclusiva e integral.

A COE é formada pelas secretarias da Educação do Estado, do Município de João Pessoa e do Município de Campina Grande, Sudema, Aesa, Coletivo Jovem da Paraíba (Cojema), Rede de Educação Ambiental (REA), UEPB e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).