João Pessoa
Feed de Notícias

Conferência Estadual debate rumos da Educação para próxima década

quarta-feira, 4 de novembro de 2009 - 16:39 - Fotos: 
A Conferência Estadual de Educação foi aberta nesta quarta-feira (4), em João Pessoa. O evento se realizará até a sexta-feira (6), no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural José Lins do Rego, com a participação de representantes dos governos federal, estadual e municipais. Cerca de 700 educadores de toda a Paraíba estão discutindo o texto ‘Construindo o Sistema Nacional Articulado de Educação: o Plano Nacional de Educação, Diretrizes e Estratégias de Ação’.

O secretário da Educação e Cultura, Francisco Sales Gaudêncio, representou o governador José Maranhão na abertura do evento que é preparatório para a Conferência Nacional (Conae 2010), a ser realizada de 28 de março a 1° de abril de 2010, em Brasília (DF). Professores, gestores, estudantes, pais, entidades sindicais, movimentos sociais e conselhos de educação participam do evento.

Sales Gaudêncio afirmou que em parceria com o Governo Federal, municípios e vários segmentos da sociedade civil paraibana, o Governo do Estado dará formato pedagógico às propostas para a melhoria da qualidade do ensino. A redução da taxa de analfabetismo na Paraíba e no Nordeste é uma das metas.

Discussões – Arlindo Queiroz, representante do Ministério da Educação, e membro da Conae 2010, revelou que na Paraíba foram realizadas 165 Conferências Municipais e nove Conferências Intermunicipais, segundo ele a forma mais plural possível de se discutir a educação básica, superior, profissional, pública e privada rumo à próxima década, uma discussão que envolve ainda trabalhadores, estudantes, empresários e representantes de diversos outros segmentos da sociedade civil.

Como resultado da Conferência espera-se o aumento de investimentos em Educação; e os estudantes, através da União Nacional dos Estudantes (UNE), defendem 50% dos recursos provenientes do Pré-Sal para o setor. Arlindo Queiroz conclui que todos os esforços resultarão no saldo qualitativo que o Brasil precisa para ter seu projeto de nação: desenvolvimento com igualdade social.

O tema central é a construção do sistema nacional articulado de Educação, tendo como foco a avaliação do Plano Nacional de Educação vigente de 2001 a 2010 e a construção do novo plano que será implantado em 2011 e vai vigorar até 2020. As conferências municipais ocorreram de maio a setembro deste ano, envolvendo cerca de oito mil paraibanos responsáveis direta ou indiretamente pela educação pública e privada.

Às 17h da sexta-feira tem início a Plenária Final, quando serão eleitos os delegados da Paraíba para a Conferência Nacional de Educação.
 

Josélio Carneiro, da Secom-PB, com fotos de Marcos Russo, de A União