Fale Conosco

27 de julho de 2009

Conferência discute diretrizes sobre a ação dos advogados de ofício e as reais necessidades do cidad



Discutir a ampliação e garantia da atuação da Defensoria Pública no acesso à Justiça. Este é um dos objetivos da I Conferência Livre da Defensoria Pública com Cidadania e Segurança. O evento será aberto pela defensora pública geral, Fátima Lopes, nesta terça-feira (28), às 8h, no auditório da OAB-Pb, que fica no centro de João Pessoa.

Representantes da sociedade civil e do poder público no Estado vão poder debater sobre a atuação da Defensoria Pública no Acesso a Justiça, penas alternativas, atendimento à mulheres vítimas de violência, com importantes nomes nacionais, como Renato Campos Pinto de Vitto que é presidente da Comissão de Justiça e Segurança Pública do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e a defensora Márcia de Alencar Araújo Matos, coordenadora  do Programa de Penas e Medidas Alternativas do Ministério da Justiça.

Segundo a defensora pública geral, Fátima Lopes, qualquer pessoa pode participar da Conferência Livre, que vai ser importante também para traçar diretrizes que vão proporcionar com que a Defensoria Pública da Paraíba se adapte cada vez mais às reais necessidades do cidadão.

A Primeira Conferência da Defensoria Pública com Cidadania e Segurança será realizada das 8 às 18 horas, no auditório da OAB, secção Paraíba. Quem não se inscreveu com antecedência, pode fazer a inscrição antes da abertura do evento.