Fale Conosco

1 de dezembro de 2011

Conferência de Desenvolvimento Rural Solidário terá feira de agroecológicos e palestras



Uma feira de produtos agroecológicos, uma exposição de serviços e peças e uma programação de debates com 16 palestras, no Parque Solon de Lucena (Lagoa) e no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, integrarão a 2ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que será realizada nas próximas segunda e terça-feira (5 e 6).

O evento, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), pretende lançar novo olhar sobre a cadeia produtiva do campo. O objetivo é criar uma política de desenvolvimento rural sustentável e solidário, que contemple os setores produtivos, as forças sociais e as diversidades territoriais da Paraíba.

Na abertura, marcada para as 9h da segunda-feira, no Cine Banguê, o representante do Ministério do Meio Ambiente, Manoel de Serra Vital Filho, abordará em palestra o tema “Desenvolvimento Rural Sustentável com inclusão produtiva e social”. Ao meio dia, a programação consta de visita aos estandes da exposição de serviços e feira agroecológica que será montada na Lagoa, no centro de João Pessoa. Paralelamente, grupos de trabalho discutirão vários temas sobre agricultura familiar e desenvolvimento do campo.

A Emater, uma das estatais vinculadas à Sedap, está mobilizando agricultores de várias regiões do Estado para participar da conferência e estima que pelo menos 200 técnicos e extensionistas estão sendo convocados para atuar na realização do evento.

São esperados 600 participantes entre debatedores, convidados, representantes do poder público estadual e municipal, agricultores, produtores rurais, empresários, assentados, quilombolas, povos e populações tradicionais, jovens, povos indígenas, pescadores, artesãos, empreendedores da economia solidária, comerciantes, industriais, professores, estudantes e organizações não governamentais. A participação do público em geral é aberta e gratuita.

Temática – As palestras abordarão temas como irrigação, bovinocultura, caprinovinocultura, piscicultura, aquicultura, apicultura, meliponicultura, atividades não agrícolas, algodão, cana-de-açúcar, horticultura, fruticultura, desenvolvimento territorial, assistência técnica e extensão rural, ciência, tecnologia e inovações, além de reforma agrária, matriz energética e avicultura.

Na terça-feira (6) a programação começa com evento cultural no Espaço Cultural, às 8h. Em seguida, haverá apresentação dos trabalhos desenvolvidos nas reuniões do interior. Dessas explanações sairão encaminhamentos para a agropecuária e pesca. Ao final do evento será prestada homenagem ao Dia do Extensionista.

Documento final – O titular da Sedap, Marenilson Batista, disse que a construção dessa política passa pela participação dos diversos segmentos e atores sociais, no estudo e aprofundamento de proposições. Segundo ele, elas devem considerar as novas realidades do setor rural e suas dinâmicas.

Durante a conferência será definido um documento final sobre os temas debatidos pelos grupos de trabalho, que abordarão temas como capacitação, formação profissional, educação formal e informal, crédito, fomento, subsídios, legislação, infraestrutura, logística, mercados governamentais e livres, comercialização e feiras, pesquisa e desenvolvimento, agroindústria, mapa de oportunidades, comunicação e marketing e políticas públicas.

A organização da conferência estadual é uma parceria entre a Sedap e as empresas vinculadas – Emater, Emepa, Empasa e Interpa. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas na sede da Secretaria (Avenida João da Mata, s/nº, Bloco II, 3º. andar – Centro Administrativo –Jaguaribe, João Pessoa).

Programação

Segunda-feira (05/12)

8h às 9h – Credenciamento
9h – Cerimônia de abertura, Espaço Cultural José Lins do Rego
10h às 12h – Mesa Temática: Desenvolvimento Rural Sustentável com Inclusão Produtiva e Social, com ex-Presidente da Contag, Manoel dos Santos e oDiretor de Fomento a Economia Solidária SENAES/TEM, Vital Filho.
12h – Visita aos Estandes da Exposição de Produtos e serviços da Agropecuária e Pesca e a Feira Agroecológica da Agricultura Familiar, no anel interno da Lagoa no Parque Sólon de Lucena. Funcionará nos dias 5 e 6, das 8hs à 17h.
14h às 18h- Grupos de Trabalho em locais diversos.
17h – Apresentações culturais na Lagoa Parque Sólon de Lucena.

Terça-feira (06/12)

8h – Apresentação Cultural no Espaço Cultural José Lins do Rego
8h30 às 11h30 – Apresentação dos resultados dos grupos de trabalho
11h30 às 12h – Apresentação Desafios e Encaminhamentos para a Agropecuária e Pesca da Paraíba
12h – Homenagem ao Dia do Extencionista
12h30 – Encerramento