João Pessoa
Feed de Notícias

Conduta de policial que efetuou disparo no estádio Amigão será investigada pela Corregedoria

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 - 11:33 - Fotos: 
A Corregedoria Geral da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) ficará responsável por investigar o procedimento do policial civil que efetuou um disparo de arma de fogo no Estádio Amigão, em Campina Grande, durante jogo entre os times do Treze e São Paulo, na noite desta quarta-feira (16).

De acordo com o delegado regional Wagner Dorta, o agente de investigação se apresentou espontaneamente à autoridade policial e entregou a arma utilizada para o disparo, uma pistola, que foi apreendida.

“Apesar do fato, que foi isolado, o agente de investigação é um policial operacional e de ótima conduta na instituição”, reforçou o delegado Dorta.

Em depoimento, o policial alegou que interveio no momento em que Romário Douglas de Sousa Silva, torcedor do Treze, lançou um rojão sobre um torcedor do São Paulo. O agente, juntamente com outros policiais, teria sido agredido pela torcida com objetos jogados em sua direção e efetuado um tiro de advertência para o alto, com o objetivo de garantir a própria integridade.

Romário Douglas foi preso e autuado em flagrante pelo crime de expor a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio das pessoas que estavam no local, mediante explosão, arremesso ou simples colocação de engenho de dinamite ou de substância de efeitos similares, disposto no artigo 251 do Código Penal Brasileiro.