Fale Conosco

15 de julho de 2013

Concursados começam a trabalhar e Detran promete mais agilidade



Os servidores aprovados no concurso público do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) começaram a trabalhar nesta segunda-feira (15). Os aprovados foram nomeados pelo superintendente Rodrigo Carvalho na quinta-feira (11) e convocados para posse coletiva na sexta-feira (12), pelo governador Ricardo Coutinho.

O primeiro concurso público da história do Detran da Paraíba foi organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (www.funcab.org) e ofereceu 60 vagas para agentes de trânsito, 30 para agentes de vistoria, 10 para analistas de sistema e oito para advogados.

De acordo com a Funcab, o concurso do Detran-PB inscreveu 11.278 candidatos, sendo 104 pessoas com deficiência. A remuneração inicial para os cargos de nível médio será de R$1.007,85 e para nível superior R$2.015,71.

As vagas oferecidas pelo concurso foram distribuídas entre as cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cajazeiras, Sousa e Guarabira.

Vistoria eletrônica - As 30 vagas para agente de vistoria foram distribuídas entre os municípios de João Pessoa (15 vagas, sendo uma para pessoa com deficiência), Campina Grande (seis vagas, sendo uma para pessoa com deficiência), Patos (três vagas), Cajazeiras (duas vagas), Sousa (duas vagas) e Guarabira (duas vagas).

A expectativa é de que a chegada dos novos vistoriadores agilize o atendimento, principalmente na sede do Detran, em Mangabeira, e nos postos do Shopping do Automóvel e Carro Legal, na estrada de Cabedelo, que vinham registrando filas longas e demora no atendimento em virtude do pequeno número de servidores para a demanda diária, que é de quase 200 veículos examinados.

A diretoria do Detran solicita a compreensão dos usuários neste período de chegada e adaptação dos novos servidores. “Embora eles já tenham passado pelo curso de formação, ainda não têm a experiência necessária para exercício da função e precisam realizar os exames com cuidado, atenção e segurança a fim de evitar a aprovação de veículos irregulares e até roubados”, disse o superintendente Rodrigo Carvalho.

Durante a solenidade de posse dos novos servidores do Detran, o governador também entregou 20 viaturas para o setor de Policiamento de Trânsito e 110 unidades de equipamentos para a vistoria eletrônica. Os equipamentos de vistoria eletrônica representam um investimento de pouco mais de R$1,5 milhão e foram comprados com recursos de taxas de serviços do Detran.

Policiamento de trânsito - Os 60 agentes de trânsito convocados após aprovação no concurso ficarão lotados em João Pessoa e viajando durante fiscalizações, em regime de escalas, permitindo que a Divisão de Policiamento intensifique as ações da Operação Lei Seca e marque cada vez mais presença no interior do Estado.

Os agentes de trânsito que já tomaram posse participaram, na manhã desta segunda-feira (15), de uma reunião com o chefe da Divisão de Policiamento de Trânsito, major Rochester Vale. “O reforço na equipe vai permitir a intensificação das ações e mais deslocamentos da equipe para o interior do Estado, marcando uma presença mais efetiva para cumprimento da chamada lei seca e verificação da documentação de veículos e condutores”, explicou o major.

Desde setembro do ano passado, o Governo do Estado integrou as ações do Detran e Batalhão de Policiamento de Trânsito (Bptran), por meio da Operação Lei Seca. De lá para cá, já foram flagrados 1.490 motoristas embriagados. Só este ano, foram flagrados 864 motoristas com sintomas de embriaguez e 158 foram presos.

O superintendente Rodrigo Carvalho anunciou que vai convocar o chefe da Divisão de Policiamento de Trânsito, major Rochester Vale, e o novo comandante do Batalhão de Policiamento de Trânsito, tenente coronel Almeida, para que seja feito um cronograma de fiscalizações utilizando o novo efetivo de agentes de trânsito.