João Pessoa
Feed de Notícias

Comunidades de Cuité de Mamanguape vão adquirir trator e veículo

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014 - 10:31 - Fotos: 

As comunidades Lagoa do Félix e Sítio Arroz, em Cuité de Mamanguape, serão contempladas com a aquisição de um veículo para o transporte de sua produção e um trator com equipamentos para atender aos agricultores familiares no preparo do solo e outras necessidades no cultivo das terras.

Nesta semana, com o objetivo de atender alguns agricultores familiares pelo Pronaf Mais Alimentos, o gerente do Banco do Brasil, agência Mamanguape, José Carlos, e o assistente de negócio Delano Gonçalves visitaram as duas comunidades para verificar as necessidades de financiamento de veículo e trator com implementos. Ambos estavam acompanhados da zootecnista Manuella Bezerra, chefe da Unidade Operadora da Emater Paraíba em Cuité de Mamanguape.

Com a aquisição de veículos utilitários, os agricultores terão como escoar a produção para as feiras da região, facilitar a logística de comercialização, aumentar a produção e melhorar a qualidade de vida da família.

Eles visitaram a agricultora Tatiana Henriques, da Comunidade Lagoa do Félix, que trabalha com macaxeira, batata doce, olericultura e maracujá. Os produtos são comercializados na feira local e no Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Neste ano, a agricultora vendeu R$ 20.000,00, valor máximo do programa nas escolas da rede municipal e estadual de ensino. “Com o lucro da comercialização foi possível reformar minha casa e fazer uma cozinha exclusiva para a elaboração dos bolos de macaxeira e batata fornecidos ao Pnae”, afirmou Tatiana.

Segundo Emanuella, em parceria com Emepa e Emater Paraíba, no próximo ano será instalado um kit com energia solar para irrigação das hortaliças.

O grupo visitou ainda o agricultor Isaias, da Comunidade do Arroz, que também é produtor de abacaxi e criador de gado e falou dos seus planos para expandir suas atividades.

Doriedson Sena, conhecido com Dola, agricultor do Sítio Cana Brava, pretende adquirir um trator com implementos para diversificar e ampliar a sua produção para o Pnae e iniciar as vendas para o PAA. Segundo ele, o importante no financiamento do banco são os juros baixos para o agricultor familiar, mas também a responsabilidade de pagar em dia as prestações.

Avaliação – Na manhã de quarta-feira (17), foram apresentadas as atividades de Ater realizadas pelo escritório Cuité da Mamanguape, além do planejamento das atividades para 2015. A apresentação do relatório anual foi realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais por Manuella Bezerra e contou com a participação de agricultores de várias comunidades, com a presença do vice-prefeito, vereadores e secretários. A reunião terminou com alguns encaminhamentos e confraternização de final de ano.