João Pessoa
Feed de Notícias

Peças em fibras naturais são destaque do Salão de Artesanato da Paraíba

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 - 09:44 - Fotos:  Secom-PB/Walter Rafael

Quem visitou a primeira semana de exposição do 19º Salão de Artesanato da Paraíba, no Jangada Clube, em João Pessoa, pôde conferir a criatividade das peças produzidas pelos artistas paraibanos. Nos estandes distribuídos no espaço de 3.500m², ambientado e decorado pelo designer Sérgio Mattos, os objetos em fibra chamam a atenção de turistas, pessoenses e movimentam a economia no período de alta estação.

O artesão e índio Tabajara do município da Baía da Traição, Edvan Santos, 29, é um dos mais de 6 mil artesãos que participam da feira. “Estou muito feliz, primeiro por estarmos sendo homenageados e, segundo, pela visibilidade que ganhamos com nossos trabalhos. Muitos visitantes descobrem nosso ofício aqui e depois acabam indo até a nossa aldeia. Esse momento é importante para nós, pois no inverno, sobrevivemos da roça e da pesca e quando chega no verão o artesanato se torna mais uma opção para engordar nosso orçamento”, comemorou.

As marisqueiras de Acaú também comemoram a participação no evento. Elas produziram a coleção “Corais de Acaú” resultado da capacitação ministrada pelo designer Sérgio Mattos. “Antes, nós éramos do lar e fazíamos apenas pequenos bichinhos com as cascas dos mariscos. Hoje fazemos vasos, fruteiras e luminárias utilizando uma nova técnica com as cascas dos mariscos, corda, barbante, arame, cola e tinta. Já temos encomendas de São Paulo e Rio de Janeiro e nossas peças já foram publicadas inclusive em revistas de circulação nacional”, contou a artesã Alba Maria.

Considerado um dos maiores eventos de artesanato do país, o XIX Salão de Artesanato da Paraíba apresenta o tema “Nossa Arte tem Fibra” e destaca trabalhos produzidos em 130 municípios. Com habilidade e inovação, os artesãos apresentam, além das peças em fibra, diversos objetos em madeira, algodão colorido, cerâmica, couro, tecelagem, brinquedo, pedra, metal, osso, cordel, xilogravura e habilidades manuais.

O casal de turistas de Curitiba, Jacira e Waldir Magatã, estava maravilhado com o Salão. “Não sabíamos que a Paraíba tinha tanta riqueza cultural. Já sabíamos da beleza das praias, mas este espaço de compras foi revelador. Estamos levando redes, roupas em algodão colorido, toalhas de renda e pretendemos voltar e indicar para nossos amigos, pois hoje não vai ser possível levar tudo que queríamos”, revelaram os turistas.

O turista Uili Guerreira mora há 23 anos em Boa Vista, Roraima. Ele visitou o Salão pelo segundo ano consecutivo e não esconde a admiração com o que viu. “Amei especialmente o estande de bambus que tem um trabalho primoroso. Aqui a opção de presentes é bem melhor, exclusivo e com preços acessíveis”, destacou Uili.

Espaço Saúde –A Secretaria de Estado da Saúde também está com um espaço reservado para atender os visitantes do Salão. Com serviços de testes de glicemia e verificação de pressão arterial, em regime de plantão, trabalham uma enfermeira e uma técnica de enfermagem.

Destino Paraíba – A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) também disponibiliza um box com informações turísticas para orientar os visitantes que pretendem conhecer outros atrativos do Estado. “São orientações sobre passeios, locomoções, acomodações, guia de restaurantes e distribuição de folders para o turista se sentir verdadeiramente em casa”, explicou a funcionária da PBTur, Silvana Pinto.

Contamos com trabalhados de artesãos cada vez mais qualificados por suas habilidades manuais, bem como pelas capacitações através dos cursos que oferecemos durante o ano. Com isso, os visitantes conseguem encontrar aqui produtos que variam de R$ 1 a até R$ 3 mil. Além disso, teremos aqui um espaço para a concessão de créditos por meio do Empreender Artesão e a Codata realiza o cadastramento de cada um para atualizar nosso banco de dados”, revelou a gestora do PAP, Ladjane Barbosa.

O 19º Salão de Artesanato da Paraíba é uma promoção do Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba, que é vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico, sob a coordenação geral da primeira-dama do Estado, Pâmela Bório.

Funcionamento – O Salão funciona diariamente das 15h às 22h, até o dia 26 de janeiro. As exceções são para os dias 31 dezembro, bem como para o dia 1º de janeiro, quando o evento será fechado para as festas de final de ano. A visitação é gratuita.