Fale Conosco

25 de outubro de 2012

Comporta do açude Cacimba de Várzea é aberta para beneficiar agricultores



Técnicos da Agência Executiva de Gestão das águas da Paraíba (Aesa) abriram a comporta do açude Cacimba de Várzea, na cidade de Cacimba de Dentro, na tarde de quarta-feira (24), para atender a população afetada pela estiagem. O município é localizado no Agreste Paraibano, distante cerca de 160 km da capital.

“Em apenas dois dias, cerca de 30 famílias de agricultores rurais que vivem na região poderão sentir a presença da água no leito dos rios. O abastecimento será destinado apenas para consumo humano e animal, bem como, para alimentar os lençóis freáticos. Devido ao baixo volume dos rios, a água não poderá ser utilizada para irrigação”, informou o técnico da Aesa, em Patos, Eugênio Pachelle.

O reservatório comporta mais de 9.000m³ e atualmente está com quase 70% da sua capacidade, o equivalente a 6.000m³. Ainda de acordo com o técnico da Aesa, o tempo de abertura da comporta vai depender do volume de água nos próximos dias e de sua vazão. “A estimativa é que durante 10 dias as comportas fiquem abertas para atender a população e amenizar os efeitos da seca aos pequenos agricultores”, acrescentou.

Em setembro, o mesmo procedimento foi adotado por técnicos da Aesa no reservatório Capoeira, localizado na cidade de Santa Teresinha, interior do Estado. As comportas ficaram abertas por um período de 72 horas, estando o reservatório com 26% de sua capacidade, o equivalente a pouco mais de 13 milhões de metros cúbicos.

A relação completa das barragens monitoradas pela Aesa, com os respectivos volumes, pode ser acessada no site www.aesa.pb.gov.br. A página eletrônica também disponibiliza dados agrometeorológicos (quantidade de chuva, velocidade do vento, temperatura e umidade do ar e do solo) medidos em tempo real.