Fale Conosco

29 de dezembro de 2011

Complexo Juliano Moreira encerra atividades do Projeto ‘Arte Por Trás dos Muros’ em 2011



Nesta sexta-feira (30), às 9h, o Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira promove o encerramento das atividades de 2011 do Projeto “Arte Por Trás dos Muros”, no Espaço Inocêncio Poggi. Haverá declamação de poesias dos usuários, mostra de vídeos e apresentações de músicas autorais dos sete componentes do projeto.

“O objetivo do projeto é resgatar e lapidar a arte oculta dentro de cada um, proporcionando aos usuários das unidades do Juliano Moreira momentos de prazer e integração social, além de seu reconhecimento como ser humano”, disse Ramon Bronzeado, idealizador do Projeto e coordenador do Setor de Perícias Médicas do Complexo. O evento será promovido para os servidores, usuários, familiares e convidados.

O Complexo Juliano Moreira é composto por quatro unidades: Hospital Psiquiátrico; Sanatório Clifford; Ambulatório Gutemberg Botelho; e Espaço Inocêncio Poggi, que atende a dependentes químicos.

Segundo Bronzeado, o “Arte Por Trás dos Muros” existe há apenas dois meses, mas já apresenta resultados consistentes. “Temos dois ex-pacientes do Poggi, por exemplo, que se empolgaram tanto com o projeto que, mesmo tendo recebido alta, retornam ao Complexo no intuitito de participar das nossas atividades,” disse.

No projeto, há sete musicistas como componentes, todos servidores do Complexo: Thaoclicimi Silva (técnico de enfermagem), Martha Melo (bibliotecária), Candiomar Santos (assistente administrativo), Hudson Silva (técnico de informática/eletricista), Gonçalo Peixoto (cuidador), Ramon Bronzeado (advogado) e Arnor da Silva (artesão).

“Estou há 11 anos no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira e, desde o início, venho tentando implantar este projeto. Só agora, com a sensibilidade da atual gestão do Governo do Estado, com destaque para o total apoio da diretora geral do Complexo, Flávia Fernando, é que consegui concretizar este sonho”, concluiu Bronzeado.