Fale Conosco

27 de dezembro de 2013

Complexo Clementino Fraga realiza mais de 36 mil atendimentos em 2013



O Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, que integra a rede hospitalar do Governo do Estado, atendeu 36.584 pessoas durante o ano de 2013. Nesse mesmo período, foram realizados 90 mil exames laboratoriais. Os dados fazem parte de um relatório elaborado pela unidade de saúde.

Com 159 leitos, o Clementino Fraga presta atendimento nas áreas de infectologia (DST/HIV/Aids), pneumologia sanitária, dermatologia sanitária, pediatria, cardiologia, endocrinologia, psiquiatria, neurologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgia vascular, gastroenterologia, angiologia, hepatologia, odontologia, nefrologia, urologia, proctologia, otorrinolaringologia, clínica geral, ginecologia e homeopatia.

Para atender a demanda, o hospital conta com uma estrutura física e uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos e outros profissionais. “A missão da unidade de saúde é prestar um serviço especializado, com qualidade, e humanizado em benefício de todas as pessoas que são acometidas de doenças infectocontagiosas”, destaca a diretora geral, Adriana Melo Teixeira.

Ela fez um balanço dos trabalhos realizados desde o início da gestão até o momento. “Hoje o Hospital Clementino Fraga passou a ser referência em outras patologias como: leptospirose, dengue e hepatites virais, inclusive o usuário pode realizar o exame em hepatite B aqui no hospital”, destacou.

Na área ambulatorial, ainda conta com o Hospital Dia (HD), que tem como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida dos portadores de HIV/Aids. O HD atende pacientes que necessitam de intervenções em ambientes hospitalares, por um período de tempo limitado (2 a 8 horas). Em 2013, o Clementino Fraga inaugurou em seu anexo o primeiro ambulatório de saúde para travestis e transexuais do Nordeste,que presta atendimento em endocrinologia, ginecologia, psicoterapia, psicologia, nutrição e fonoaudiologia. Em 2014 será implantado cirurgia plástica facial (limpodistrofia) e outras especialidades.

Outro serviço importante é a Assistência Domiciliar Terapêutica (ADT), que consiste em um serviço de assistência hospitalar aos portadores de HIV/Aids e na desospitalização do paciente, onde uma equipe multidisciplinar acompanha o tratamento do paciente em sua residência.

Ações Sociais – O Hospital Clementino Fraga, em parceria com algumas ONGs, promove encontros com os pacientes, familiares, profissionais e membros da sociedade através do “Grupo de Autoajuda em Hanseníase”.

A instituição ainda conta com uma brinquedoteca, que busca oferecer às crianças a oportunidade de praticar atividades lúdicas. “É uma importante ferramenta para auxiliar no trabalho com crianças soropositivas”, comentou Adriana Teixeira.