Fale Conosco

23 de julho de 2012

Complexo Clementino Fraga comemora 53 anos e torna-se referência em Hepatites Virais



O Complexo Hospitalar Clementino Fraga, que integra a rede hospitalar do Estado, comemora 53 anos nesta quarta-feira (25). Para lembrar a data, o hospital elaborou uma programação especial cujas atividades foram iniciadas na tarde desta segunda-feira (23) com uma palestra de sensibilização para a testagem de Hepatite C, proferida pela enfermeira Suely Cantalice.  Essa mesma palestra acontecerá às 8 h da manhã desta terça-feira (24).

De acordo com a diretora da unidade de saúde, Adriana Teixeira, o Clementino Fraga tem muito a comemorar e o evento tem um triplo significado: o aniversário do hospital, o lançamento do hospital como referência no tratamento das hepatites virais e a inauguração do anexo da brinquedoteca.

“Para isso estamos montando um grande evento para atender toda a população que vier ao hospital. São 53 anos de muitas conquistas e projetos concretizados. Hoje estamos também nos tornando referência nas hepatites virais, que sempre foi um desejo nosso e, para tanto, montamos toda uma estrutura de profissionais e equipamentos para podermos dar uma maior assistência aos usuários”, comemorou.

Atendimentos – O Complexo Hospitalar Clementino Fraga prestou atendimento  a 72.759 pessoas durante o ano passado.  Nesse período 1.055 pessoas foram internadas para tratamento de várias doenças. A unidade funciona em João Pessoa e é referência estadual no tratamento em tuberculose, hanseníase, DST/HIV/Aids, dengue e agora hepatites virais.

O ambulatório do hospital oferece atendimento em infectologia (DST/HIV/Aids), pneumologia sanitária, dermatologia sanitária, pediatria, cardiologia, endocrinologia, psiquiatria, neurologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgião vascular, gastroenterologia, angiologista, hepatologia, odontologia, nefrologia, urologia, proctologia, otorrinolaringologia, clínica geral, ginecologista e homeopatia.

Para atender a demanda o Clementino Fraga conta com uma estrutura física e com uma equipe de profissionais multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentre outros profissionais que atuam de forma que o usuário do serviço se sinta acolhido e bem atendido.

Outros serviços – O Clementino Fraga também dispõe de um centro de diagnóstico por imagem, disponibilizando os serviços de tomografia, ultrasonografia, endoscopia e raios-x. O hospital possui ainda um laboratório onde são realizados os exames como a testagem rápida de HIV e testagem de hepatite B.

Outro serviço é a Assistência Domiciliar Terapêutica (ADT), que consiste na assistência hospitalar a portadores de HIV/AIDS dentro do princípio da “desospitalização”, em que uma equipe multidisciplinar acompanhará o tratamento do paciente em sua residência.

Desde sua fundação em 1959, ainda pertencente ao Ministério da Saúde, denominado como “Sanatório Clementino Fraga”, o hospital atuava exclusivamente com o Programa Nacional de Tuberculose. Em 1978, a Universidade Federal da Paraíba assumiu a direção do hospital e nesse período ele passou a ser chamado de: “Hospital Universitário Clementino Fraga”. A partir de 1989, a unidade passou a ser responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde, onde ele também passou a ser referência no tratamento de hanseníase, HIV/AIDS e outras doenças infectocontagiosas.

Programação na íntegra:

25/07 – (Quarta-feira)

15h – Palestra no auditório – Tema: Novos Caminhos no Tratamento da Hepatite C crônica – Dra. Maria de Fátima Duques de Amorim (Gastroenterologista)

26/07 – (Quinta-feira)

8h30 – Início dos serviços nas tendas (corte de cabelo, faculdades com stand – testagem de glicemia e verificação de PA, testagem rápida da Hepatite C)

9h30 – Missa em Ação de Graças

10h30 – Coffe Break

14h – Reabertura dos trabalhos

14h30 – Apresentação CIA da Saúde e do Sorriso

15h20 – Inauguração do Anexo Brinquedoteca

16h – Show com a banda Forró da Burguesinha

17h – Encerramento das Atividades

27/07 – (Sexta-feira)

8h – Início da prestação de serviços em saúde (corte de cabelo, faculdades com stand – testagem de glicemia e verificação de PA, testagem rápida da Hepatite C e distribuição de preservativos e gel lubrificante)

14h – Reabertura dos trabalhos

17h – Encerramento das atividades

28/07 – (Sábado)

DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA AS HEPATITES VIRAIS

6h – Início das atividades no Busto de Tamandaré com stands das faculdades, testagem de glicemia e verificação de PA, testagem de Hepatite C, distribuição de preservativos e gel lubrificante

10h – encerramento dos trabalhos