João Pessoa
Feed de Notícias

Companhia Docas inicia dragagem do Porto de Cabedelo, nesta quarta (30)

segunda-feira, 28 de junho de 2010 - 13:15 - Fotos: 
Depois da resolução de todos os entraves que surgiram para impedir a realização das obras de dragagem do Porto de Cabedelo, o diretor presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wagner Breckenfeld, anunciou para esta quarta-feira (30), às 10h, a solenidade de lançamento e início da dragagem no Porto de Cabedelo, que contará com a presença de representantes dos governos do Estado e Federal e convidados da Secretaria Especial dos Portos, a exemplo do secretário de Planejamento da SEP, Jorge Zuma.

Além deles, também estarão presentes prefeitos, vereadores, deputados e toda comunidade portuária. Segundo ele, na terça-feira (22), a draga Hang Jun 3001, da empresa Enterpa, vencedora da licitação para execução da obra, foi deslocada de Angra dos Reis a Cabedelo.

Para o diretor presidente da Cia Docas da Paraíba, Wagner Breckenfeld, a cerimônia de lançamento marca, oficialmente, o início de um novo tempo para a Paraíba. “Esta é uma data bastante aguardada por todos os paraibanos. Ela representa o começo de uma nova era para o terminal portuário, que passará a receber embarcações de até 40 pés de calado, aumentando também nosso potencial de desembarque de até 70 mil toneladas por embarcação, deixando no passado a restrição estrutural que nos impedia de aumentar a receita com o desembarque de mercadorias no porto de Cabedelo”, disse Wagner, lembrando que atualmente o terminal possui um canal de seis quilômetros de extensão, 150 metros de largura e 9,14 metros de profundidade e trabalha com uma limitação de recebimento de embarcações de até 30 pés de calado.

“Agora o porto terá uma estrutura física adequada para receber navios de calados maiores, praticamente dobrando a sua capacidade de operação”, comemora Wagner, que fala com entusiasmo desse momento e diz estar ansioso para ver a draga Hang Jun 3001 começar a trabalhar. “Estávamos na expectativa do início da dragagem do Porto e isso foi além da diretoria, porque a notícia da liberação da ordem de serviço animou toda a comunidade portuária, tendo em vista as mudanças que ainda estão por vir e que refletirão diretamente na capacidade de operação do terminal”, disse Wagner.

Ele destacou ainda que o Cronograma de Dragagem foi emitido dentro do tempo estipulado e estava apenas na dependência do Projeto Executivo expedido pela Secretaria Especial dos Portos, encaminhado recentemente à empresa vencedora da licitação, a Enterpa, para que ela enviasse sua draga para o litoral paraibano e começasse, efetivamente, a obra.

Da Assessoria de Imprensa da Cia Docas