Fale Conosco

20 de junho de 2017

Comitê Intersetorial de Políticas Públicas de Juventude mobiliza instituições para Mês da Juventude 2017



O Comitê Intersetorial de Políticas Públicas de Juventude (Coijuv), órgão vinculado à Secretaria Executiva da Juventude, Esporte e Lazer do Estado (Sejel), realizou, na tarde desta terça-feira (20), uma reunião para discutir a articulação das Políticas Públicas de Juventude no estado e o planejamento das ações a serem desenvolvidas no Mês da Juventude 2017. A reunião ocorreu no auditório do Procon Estadual da Paraíba.

O Coijuv é um instrumento do Governo do Estado da Paraíba que mobiliza as secretarias e órgãos do executivo estadual que atuam direta ou indiretamente na implementação de políticas públicas para as juventudes paraibanas. O Comitê, em sua atual formação, foi instituído no dia 4 de março de 2015, por meio do Decreto nº 35.743.

Entre as estratégias de planejamento, as secretarias e órgãos do Governo do Estado foram divididas em três grupos temáticos para desenvolver ações específicas, entre eles: Desenvolvimento Integral: Educação, Trabalho e Tecnologias de Informação; Qualidade de Vida: Saúde Integral, Meio Ambiente, Esporte, Lazer e Cultura e Direitos Humanos: Vida Segura e Valorização das Diversidades.

Na ocasião, a secretária executiva de Juventude, Priscilla Gomes, apresentou algumas ações desenvolvidas pela Sejel desde a sua formação, entre elas: mapeamento das atividades, ações e serviços nos órgãos e secretarias do Governo do Estado da Paraíba; apoio na realização das diversas etapas da Conferência de Juventude; realização do Mês da Juventude de 2015 e 2016; formulação do Plano Estadual das Juventudes Rurais e a implementação do Selo Parceria Jovem.

Além disso, Priscilla Gomes lembrou algumas conquistas do comitê da juventude desde a formação do decreto em 2015. “Percebemos um avanço no âmbito da educação, pois conseguimos implementar as escolas cidadãs em tempo integral. Observamos uma juventude mais presente e necessitária às ações do poder público estadual visando atender suas especificidades seja na construção da educação ou profissionalização ou em pautas referentes à juventude do campo”, analisou.