Fale Conosco

20 de outubro de 2017

Comissão de Humanização do Hospital de Trauma realiza oficina com acompanhantes



Dando continuidade aos trabalhos de humanização desenvolvidos pelo Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena,  foi realizada com os acompanhantes da instituição, no acolhimento familiar, uma oficina de artesanato. Na ocasião, foram confeccionados laços rosa que serão distribuídos na unidade de saúde para chamar atenção das mulheres sobre a prevenção do câncer de mama.

De acordo com Neuma Ribeiro, presidente do GTH do hospital, as mudanças na rotina dos acompanhantes os ajudam a sair do clima de hospitalização. “A atividade manual serve para retirar o acompanhante, nem que seja por algumas horas, do ambiente hospitalar. Aproveitamos a oportunidade de descontração para batermos um papo mais informal sobre assuntos  diversos, tais como: rotina hospitalar, direitos  sociais e   saúde, como por exemplo, sobre a importância do autoexame para diminuir os índices de câncer de mama”, ponderou.

A acompanhante Rebeca Alves, que assiste o marido vítima de acidente com moto, ressaltou a importância da iniciativa. “Não é fácil à hospitalização de um parente. Ficamos aflitos e preocupados. Nossa atenção é exclusivamente para eles e consequentemente esquecendo-nos. Quando falaram da oficina fiquei animada, pois me propiciou um bom momento de descontração e informação sobre os cuidados com a saúde. Que estes laços que produzimos hoje sejam um símbolo dos cuidados da mulher”, falou.

Neuma ressaltou que o GTH tem como foco  manter as políticas para melhoria da qualidade da internação dos pacientes e acompanhantes, bem como ações contínuas para a valorização dos servidores do hospital. “Estamos desenvolvendo um trabalho pioneiro, que já vem apresentando bons resultados para todos”, finalizou.