João Pessoa
Feed de Notícias

Começam inscrições para o Enem nas unidades socioeducativas

terça-feira, 16 de outubro de 2012 - 11:38 - Fotos:  Secom-PB

Começaram nesta terça-feira (16) as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio para jovens e adultos em privação de liberdade e semiliberdade (Enem PPL 2012) nas unidades prisionais e socioeducativas de todo o País. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet.

Na Fundação do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac-PB), os responsáveis pedagógicos iniciaram os procedimentos para os jovens habilitados a participarem do Exame nas cinco unidades do Estado: Centro Educacional do Adolescente (CEA) de João Pessoa e de Sousa, Centro Educacional do Jovem (CEJ) e Casa Educativa (unidade feminina), em João Pessoa, e Lar do Garoto, em Campina Grande.

De acordo com o edital do Enem PPL, publicado na edição de 13 de setembro do Diário Oficial da União, adultos e jovens privados de liberdade poderão fazer as provas nas unidades indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa dos estados. Para isso, a Fundac firmou um acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep), seguindo as orientações do Termo de Adesão, Responsabilidades e Compromissos previstos no edital.

Na inscrição, o responsável pedagógico deve informar o número da unidade prisional ou socioeducativa e o CPF de cada candidato. Também é o responsável quem deve solicitar a certificação ou a participação do inscrito no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o atendimento especial nos dias das provas, se necessário.

As provas acontecem nos dias 4 e 5 de dezembro. No primeiro dia, os participantes farão prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos. No dia seguinte, serão aplicados os testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias e Redação, em 5 horas e 30 minutos.

Fundac no Comitê do Inep – A Fundac-PB representa a região Nordeste no Comitê de Assessoramento da Aplicação dos Instrumentos de Avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep) nas unidades prisionais e socioeducativas.

Segundo a presidente da Fundação, Cassandra Figueiredo, o convite para a participação da Fundac nessa comissão partiu do próprio Inep. “A educação no sistema socioeducativo é diferenciada e esse novo olhar inclusivo do Comitê de Assessoramento do Inep é positivo e vem contribuir significativamente com os esforços de ressocialização”, avaliou.

O gerente de Educação Profissional da Fundac, Osman Matos, é quem representa a instituição. “O Inep dá um grande salto qualitativo, ouvindo, compartilhando e conhecendo a realidade das unidades socioeducativas no Brasil para melhor aplicar as políticas públicas na área da educação, possibilitando inclusão social e cidadania”, disse Osman Matos.

A segunda reunião do Comitê acontece nesta quinta-feira (18), em Brasília, e tem como pauta a avaliação dos Encontros Regionais do Processo de Adesão do Enem 2012; a apresentação dos Manuais Operacionais para o Enem; planejamento do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos em privação de liberdade (Encceja PPL); e apresentação dos ofícios conjuntos do MEC/Depen.

Comitê – O Comitê de Assessoramento da Aplicação dos Instrumentos de Avaliação do Inep foi instituído dia 14 de agosto de 2012, através da Portaria nº 289 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. O órgão tem, entre outros, o objetivo de auxiliar o Instituto no planejamento, acompanhamento e atuação nas ações necessárias para a isonomia dos participantes na aplicação dos instrumentos de avaliação do Enem e do Encceja nas unidades prisionais e socioeducativas em todos os estados brasileiros.