João Pessoa
Feed de Notícias

Começa treinamento do Sistema Apurasus para unidades de saúde estaduais

segunda-feira, 23 de março de 2015 - 19:16 - Fotos:  RICARDO PUPPE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Economia da Saúde, tem como uma das prioridades para este ano a implantação do sistema Apurasus em toda a rede hospitalar estadual. As capacitações em unidades de saúde de todo o Estado começaram nesta segunda-feira (23) e se estendem até a próxima quinta-feira (26).

O Apurasus, sistema que apura os custos na rede hospitalar, começou a ser implantado ano passado em sete hospitais piloto: Arlinda Marques, Traumas de João Pessoa e Campina Grande, Maternidade Frei Damião, Complexo Hospitalar Clementino Fraga, Hospitais Regionais de Picuí e Cajazeiras. Devido aos bons resultados alcançados, este ano o sistema deverá chegar a toda a rede hospitalar estadual.

“Neste primeiro momento, estamos apresentando o sistema aos gestores das unidades de saúde. A intenção é que eles já voltem para os seus respectivos locais de trabalho dando início à implantação do programa nacional de gestão de custo e, dessa forma, detectar e conter os ralos dos gastos desnecessários. Além disso, é importante porque os gestores poderão identificar em números precisos tudo o que é gasto em suas unidades”, disse a chefe do Núcleo de Economia da Saúde, Shirleyanne Brasileiro.

De acordo com Shirleyanne, as capacitações serão feitas por etapas. “Implantar o sistema de custo não é algo que a gente faça da noite pro dia. Há certo movimento de paradigma cultural dentro da organização institucional do hospital. É preciso capacitar esses técnicos para alimentar os dados a princípio, e depois colocar esses dados no sistema. O SUS é de graça, mas tem custos. Estabelecendo planejamentos, o gestor organiza seu orçamento e compra com mais responsabilidade”, explicou.

A chefe do Núcleo de Economia da Saúde destacou que, entre os hospitais piloto que começaram a utilizar o sistema ano passado, o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena se destacou. “O Hospital de Trauma de João Pessoa já está com seu sistema a todo vapor. Hoje já temos o custo do paciente/dia, da cirurgia, do centro de custo, da refeição, entre outros. Então, hoje já temos indicadores de resultado do que nós implantamos ano passado. E o Trauma de João Pessoa, como pioneiro, será exemplo pra que todos busquem esse resultado, que é possível alcançá-lo”, disse.

Treinamento – O calendário de capacitações de março teve início nesta segunda-feira (23) com o Hospital Regional de Pombal, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Rita, UPA de Princesa Isabel, UPA de Guarabira, UPA de Cajazeiras, Regional de Guarabira, Regional de Princesa Isabel e Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira. Nesta terça-feira (24), as capacitações serão realizadas com representantes do Hospital Regional de Mamanguape; quarta-feira (25), com a Maternidade Peregrino Filho e no Regional de Patos; e na quinta-feira (26), no Hospital Geral de Taperoá.

Jorge Guilherme é funcionário no setor de administração da UPA de Santa Rita e ressaltou a importância da implantação do Apurasus. “Vai ser uma evolução grande no sistema de gastos da saúde porque precisamos fazer o máximo que podemos com o menor custo possível”, disse ele. Já a diretora administrativa do Hospital Clementino Fraga, Shirley Jucar, salientou a relevância de operacionalizar a ferramenta de maneira adequada. “O Apurasus será um norte para todas as unidades hospitalares analisarem seus custos e evitarem o desperdício de recursos”.

Além dessas capacitações, o Núcleo de Economia da Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde, vai realizar uma oficina para os diretores dos 38 hospitais. A oficina deve ser realizada ainda no mês de março. “A gente entende que há uma importância técnica dos diretores conhecerem essa ferramenta para a própria tomada de decisão. Então, conhecendo o resultado desse produto, eles terão a real noção da importância, o quanto vai beneficiar a própria gestão deles. A oficina será realizada entre o final de março e o início de abril, estamos esperando só a confirmação do MS para definirmos a data”, disse Shirleyanne.

Apurasus – É um sistema de informação disponibilizado pelo Ministério da Saúde em que todos os dados de gastos nas unidades de saúde do Estado são parametrizados e, assim, calculados os custos dos atendimentos finais nas unidades de saúde. O programa tem o objetivo de promover a implantação, o acompanhamento e o controle dos custos hospitalares das unidades do Governo.