Fale Conosco

2 de setembro de 2009

Começa pesquisa sobre perfil de alunos que acessam a web na PB



Estudantes, pais e educadores em toda a Paraíba começaram a responder, nesta semana, pesquisa para identificar o perfil de acesso desse público à Internet. O levantamento, voltado para alunos das redes pública e privada, é a etapa que antecede as oficinas sobre uso responsável e seguro da web, promovidas pelo Ministério Público Federal e a SaferNet Brasil.

A partir dos dados colhidos nos próximos dias, será desenvolvido trabalho de capacitação de educadores durante os dias 15 e 16 deste mês, por integrantes da SaferNet Brasil. A pesquisa é feita através da Internet e está disponível na página da SaferNet (www.safernet.org.br/pb), como também pode ser acessada na página do Ministério Público Federal na Paraíba, no endereço www.prpb.mpf.gov.br.

O procurador da República, Rodolfo Alves Silva, mais servidores do Ministério Público Federal (MPF), representantes da Secretaria da Educação do Estado da Paraíba, Secretaria da Educação do Município de João Pessoa, Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFPB) e Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado da Paraíba (Sinepe-PB) estiveram reunidos no auditório da Procuradoria da República na Paraíba, para acertar detalhes sobre o evento.

A abertura, confirmada para a manhã do dia 15 deste mês, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, terá palestras de representantes da Safernet Brasil. Na tarde do mesmo dia e no dia seguinte (16) serão realizadas oficinas sobre o uso responsável e seguro da Internet com educadores de instituições públicas e privadas.

Temas – O evento tratará de temas como: potenciais da internet no Brasil e no mundo, dimensão pública da internet e cibercidadania, perigos e crimes na Internet, dicas para se manter seguro e o que fazer em casos de incidentes.

As escolas participantes ganharão um kit com cartazes, cartilhas SaferDic@s, CD-Rom com animações, fichas pedagógicas, quadrinhos educativos, glossário e tutoriais. A SaferNet Brasil é uma associação civil sem fins lucrativos e econômicos, sem vinculação político-partidária, religiosa ou racial, fundada em 20 de dezembro de 2005.

Na web – Está disponível na Internet o formulário da pesquisa on-line que será feita com os alunos e educadores para identificar o perfil de acesso desses à Internet. Segundo o procurador da República, Rodolfo Alves Silva, a pesquisa é etapa preliminar do evento sobre uso responsável e seguro da rede mundial e servirá de base para desenvolvimento dos trabalhos de capacitação dos educadores.

As secretarias de Educação, o Instituto Federal de Educação Tecnológica e o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado da Paraíba incentivarão a participação de alunos e educadores do ensino fundamental e médio na pesquisa, que já está disponível na página www.safernet.org.br/pbm, como também pode ser acessada no endereço www.prpb.mpf.gov.br.

Cooperação – Durante o evento, a Procuradoria da República na Paraíba assinará termo de cooperação técnica, científica e operacional com a SaferNet Brasil, para formalizar uma parceria já existente entre o MPF e a empresa. A finalidade do termo é unir esforços para prevenir e combater a pornografia infantil, a prática de racismo e outras formas de discriminação instrumentalizadas na Internet. Um dos compromissos comuns será o desenvolvimento de estudos e pesquisas para aperfeiçoar tecnologias de combate aos crimes cibernéticos.

Janildes Andrade, da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Educação