João Pessoa
Feed de Notícias

Começa Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS

sexta-feira, 30 de outubro de 2009 - 08:31 - Fotos: 

O Ministério da Saúde (MS), com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), deu inicio nesta quinta-feira (29), em João Pessoa, ao Curso Nacional de Qualificação dos Gestores do SUS para 236 gestores de 64 municípios paraibanos. Durante a solenidade de abertura, que aconteceu no Teatro Santa Roza, o secretário de Saúde do Estado, José Maria de França, destacou as parcerias que o Governo do Estado tem feito com a UFPB e disse que a qualificação dos recursos humanos é  fundamental para uma prestação de melhores serviços na saúde.

“Recentemente, fizemos uma parceria com o Hospital Universitário para viabilizar e dar solução às cirurgias cardíacas em adultos, no Estado, e estamos viabilizando outras parcerias para hemodiálise, transplante e oftalmologia. Em relação a esse curso, a parceria com a universidade, com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, é importante porque o SUS carece muito da questão da gestão”, disse.

O secretário enfatizou a importância do papel do gestor do SUS: “Se fala muito em falta de recursos financeiros, realmente a gente tem pouco recurso, mas antes dos recursos financeiros, tem uma importância fundamental a questão dos recursos humanos e, nós, como gestores estaduais, temos a convicção e a experiência da escassez de gestão qualificada para que se faça uma gestão boa para melhorar o sistema de saúde da Paraíba", disse.

Projeto-piloto - A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Qualificação de Gestores e Gerentes do SUS – Mais Saúde, do MS, e está sendo coordenado pela Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp). O curso, que será na modalidade de ensino a distância e vai durar seis meses, capacitará 7.500 gestores em todo o País, que fazem parte de um projeto-piloto.

A estimativa é que existam em torno de 60 mil profissionais trabalhando em algum nível de gestão em Estados e municípios. “Essas demandas estão crescendo em escala e o curso na modalidade à distância é uma necessidade, porque conseguimos atingir, em um curto espaço de tempo, um número maior de pessoas”, explicou Maurício de Seta, coordenador de tecnologia educacional de educação a distância da ENSP.

Benefícios para os usuários do SUS - Marco Antônio de Vivo Barros, diretor do Centro de Ciências Médicas da UFPB, representou o reitor Rômulo Polari durante a solenidade. “No momento em que se qualificam os gestores, se melhora a assistência à saúde. Quem mais vai ser beneficiado com esse curso é o usuário do SUS, o cidadão que no dia a dia utiliza o serviço público de saúde. A parceria com a universidade é importante porque somos formadores de mão-de-obra qualificada e é sempre bom voltar à universidade, se atualizar, se qualificar. Se você melhora a gestão, melhora também a vida das pessoas”, afirmou.

Regionalização - Murilo Wanzeler, coordenador do curso no Estado, lembrou que o debate central do curso será a regionalização da saúde e, durante os seis meses, serão discutidos assuntos como qualificação dos profissionais que atuam na atenção básica à saúde, constituição de equipes de urgência e emergência, referências hospitalares e de exames especializados, formação das comissões interinstitucionais de ensino e serviço e qualificação dos colegiados de gestão regional.

Durante a abertura do curso, os alunos assistiram ao painel ‘Educação à distância para apoio à organização de rede regionalizada de atenção à saúde na Paraíba’, que foi exposto pelo médico Sílvio Fernandes, assessor do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). 

Aprimorando o trabalho - A assessora de planejamento da Secretaria de Saúde de Bayeux, Lucia Eugênio, 52 anos, disse que o curso vai ajudá-la a aprimorar o seu trabalho. “Na minha trajetória de serviço de saúde, passei por várias gestões e vi a dificuldade que muitos gestores têm de conduzir as ações de saúde e hoje, como assessora de planejamento, estou conseguindo visualizar como o SUS funciona, e esse curso pode nos ajudar a ajudar outros gestores”, disse.

O curso está sendo promovido pelo MS, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Conasems e Ensp, em parceria com a SES, UFPB e Colegiado de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems). Participaram também da mesa de abertura dos trabalhos, a secretária de Saúde de João Pessoa e representante do Conasems, Roseana Meira; o secretário de Saúde de Juripiranga e diretor de comunicação Cosems, James Araújo e o assessor de graduação do Centro de Ciências da Saúde da UFPB, João Euclides Braga.

 
Assessoria de Imprensa da SES-PB