João Pessoa
Feed de Notícias

Classificados para os Bombeiros podem entregar documentos até 6ª

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010 - 17:20 - Fotos: 
A comissão do Processo Seletivo Simplificado do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba decidiu prorrogar o prazo de entrega dos documentos necessários para a contratação dos classificados para médicos e enfermeiros. O motivo foi o curto espaço de tempo da divulgação do resultado e a entrega desses documentos.

Após análise por parte da comissão, composta pelo capitão Roberto Vaz de Medeiros Filho e as tenentes Sandra Queiroz Santana e Elizabeth Francisco de Carvalho Silva, ficou decidido que os classificados têm até o meio-dia de sexta-feira (3) para a entrega de toda a documentação na Diretoria de Pessoal no quartel do Comando Geral do CBM, na BR-230, em João Pessoa. Aquele que não cumprir o prazo estabelecido, de acordo com o que ficou decidido, será automaticamente desclassificado.

Também foi marcada para as 9 horas da próxima quinta-feira (9) a apresentação dos classificados para assinatura do contrato para exercerem as funções de médicos e enfermeiros do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba.

Os classificados deverão apresentar cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento ou de casamento (autenticado); Diploma e Registro no Conselho de Classe (autenticado); comprovante de residência e registro no PIS/PASEP. Ainda duas fotos 3X4 coloridas recentes e idênticas; comprovar que está em dia com as obrigações Eleitorais e do documento de quitação com o Serviço Militar, exceto para o sexo feminino.

Declaração em que expresse estar em conformidade com o item 11.8 do Edital publicado no Diário Oficial do Estado; apresentar Atestado de Capacidade Laborativa, assinado por médico e com carimbo constando o nome completo e número de registro no Conselho Regional de Medicina do mesmo, que ateste que o candidato está em plenas condições de saúde para exercer as atividades descritas nas atribuições da função/cargo.

Apresentar e entregar Atestado de Bons Antecedentes, fornecido pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), ou Declaração de Conduta quando se tratar de militar das Forças Armadas ou de outras organizações militares estaduais; entregar certidões negativas de Ação Criminal, fornecida pelas Justiças Estadual e Federal, expedida no máximo, há trinta dias.

Cardoso Filho, da Secom