João Pessoa
Feed de Notícias

Circuito Cultural tem teatro de bonecos, boi de reis e forró, nesta sexta-feira

quarta-feira, 30 de abril de 2014 - 11:52 - Fotos:  Divulgação

Com 17 anos de atuação, a Companhia Boca de Cena apresentará o espetáculo “Colcha de Retalhos”, nesta sexta-feira (2), às 19h, no Porto do Capim, Centro Histórico de João Pessoa. A peça integra a programação do projeto Circuito Cultural organizada pela Secretaria de Estado da Cultura com cinema, música e teatro nas quintas-feiras, sextas, sábados e domingos.

Artur Leonardo, além de realizar a manipulação dos bonecos juntamente com José Valério e Amanda Viana, também assina a direção dos trabalhos da companhia. Em “Colcha de Retalhos”, três curtas histórias são apresentadas ao público com a mediação do mestre de cerimônias do Grupo: o Coelho Banzé.

O primeiro retalho narra uma bem humorada adaptação do clássico do Chapeuzinho Vermelho, recheado com uma boa dose de cultura nordestina, é o ‘Cabelinho Vermelho e O Coelho Veloz”. O cachorro Totó é o protagonista da segunda história, sendo a última o ‘Romance em verde e rosa’, que explora a linguagem dos bonecos de varas e mostra uma ‘minhoquinha’ à procura da sua cara metade.

Folclore – Às 20h30, começa na Praça Antenor Navarro o cortejo com o Boi de Reis Estrela do Norte. Comandado pelo Mestre Pirralhinho, filho do Mestre João do Boi, do Bairro dos Novais, esse grupo de cultura popular traz personagens humanos e animais fantásticos, em uma brincadeira que acontece em locais públicos, onde as pessoas interagem e se encantam com os bonecos e canções que narram a história de morte e ressurreição de um boi.

Fundador do Centro Popular do Bairro dos Novais, o Mestre Pirralhinho começou suas atividades como brincante aos cinco anos, fazendo parte do Cavalo Marinho do Mestre Gasosa, de Bayeux, integrando a brincadeira no papel de Dama.

O Boi de Reis é um folguedo cujas origens remetem ao teatro popular medieval da Península Ibérica. Seus rituais, elementos constitutivos e tradições se expressam desde a escolha do calendário festivo onde é brincado, seja no ciclo natalino, junino ou carnavalesco, até o artefato artesanal que representa o boi, passando pela dança, pela música e pelo drama, envolvendo diversos personagens emblemáticos da cultura popular.

Música – Para encerrar a noite, às 21h, o Forró Encabulado toma conta do Balaio Nordeste, com José Honorato no vocal, Honorato Irmão no acordeom, Marcone Monteiro no triângulo e Lauro Brasil na zabumba. No show, o público verá o repertório autoral presente no primeiro CD da banda, lançado no final do ano passado, “Nascido no Mato”, e ainda canções já consagradas de Jackson do Pandeiro, Rosil Cavalcanti, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Jorge de Altinho e Edson Azevedo.

O Forró Encabulado foi fundado em 2010 pelos irmãos Honorato, que herdaram do pai, o sanfoneiro Severino Honorato, o gosto pela música. Ambos nascidos em Alagoa Nova, ainda crianças foram para a cidade vizinha de Alagoa Grande e, desde os 10 anos de idade, vêm atuando no cenário musical paraibano.

O Circuito Cultural é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e do Movimento Varadouro Cultural, com o apoio de associações, coletivos culturais e casas de shows do Centro Histórico de João Pessoa. O evento começou no dia 24 de abril e segue até 11 de maio, com programação gratuita de quinta-feira a domingo.