João Pessoa
Feed de Notícias

Cinco municípios concentram mais da metade do PIB da Paraíba

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010 - 12:19 - Fotos: 

Cinco municípios concentraram mais da metade de todas as riquezas produzidas na Paraíba, em 2008. O Produto Interno Bruto (PIB) de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita e Patos somou R$ 14,8 bilhões, naquele ano. Esse valor representou 57,7% do total da economia paraibana, em 2008, que foi R$ 25,7 bilhões. Os dados econômicos foram divulgados, nesta sexta-feira (10), pelos Institutos de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) e Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

João Pessoa continua como a principal economia entre os 223 municípios paraibanos. O PIB da capital paraibana chegou a R$ 7,6 bilhões em 2008. O valor é 13,33% maior do que o Produto Interno Bruto registrado em 2007. Campina Grande mantém a segunda colocação no ranking estadual das maiores economias municipais, na Paraíba. O município produziu R$ 3,4 bilhões em riquezas. Completam a relação dos maiores PIB’s de 2008: Cabedelo (R$ 2,1 bilhões), Santa Rita (R$ 979 milhões) e Patos (R$ 542 milhões).
O economista do Ideme, Geraldo Lopes, explicou que a concentração da economia paraibana, em apenas cinco cidades, ocorre de forma semelhante em outros estados brasileiros. “A geração de riquezas no Brasil sempre esteve na faixa litorânea. Isso é verificado, por exemplo, nos estados do Nordeste, como Pernambuco. E Paraíba segue essa realidade. É algo que acontece há anos no País”, explicou.

Entre as cinco maiores economias paraibanas, o destaque foi Cabedelo. Entre 2007 e 2008, o município registrou um crescimento de 30,76% na produção de riquezas. Enquanto em 2007 Cabedelo teve um PIB de R$ 1,6 bilhão, no ano seguinte (2008), a economia da cidade portuária chegou a R$ 2,1 bilhões.

No outro lado do ranking das economias paraibanas, Areia de Baraúnas continua com o menor PIB da Paraíba. O município produziu apenas R$ 7,3 milhões em riquezas. Apesar disso, Areia de Baraúnas apresentou um crescimento de 31,92% no PIB, entre 2007 e 2008. O segundo menor PIB da Paraíba, em 2008, foi de Quixabá, que gerou R$ 7,7 milhões em 2008. São José do Brejo do Cruz tem a terceira menor economia do Estado, com R$ 8,4 milhões.

Renda per capita – Cabedelo mantém a maior renda per capita da Paraíba. O indicador econômico – que representa a soma do PIB municipal dividido pela população – ficou em R$ 42.775, em 2008. Caaporã teve o segundo maior PIB municipal, com R$ 14.368. Completam a relação: Boa Vista (R$ 12.032), Conde (R$ 11.575) e João Pessoa (R$ 11.054).

 

Bartolomeu Honorato, da Assessoria de Imprensa do Ideme