João Pessoa
Feed de Notícias

Chuvas: Governo do Estado e prefeituras discutem ações conjuntas

segunda-feira, 18 de julho de 2011 - 09:47 - Fotos:  Ascom/Cagepa

Inundação da estação elevatória de Marés

O governador Ricardo Coutinho participa na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio da Redenção, de uma reunião de emergência para a qual foram convocados os prefeitos das cidades que foram atingidas pelas fortes chuvas que caíram no Estado no último final de semana.

O volume médio de chuvas nas cidades que compõem o litoral paraibano chegou a 250 milímetros, atingindo fortemente pelo menos 26 municípios, que estão em estado crítico. O Governo do Estado criou uma comissão de trabalho permanente para diagnosticar a situação e encaminhar providências que minimizem os transtornos à população.

No início da noite deste domingo (17), o Governo do Estado distribuiu nota relatando os primeiros informes sobre os efeitos das chuvas e convocando os prefeitos e órgãos estaduais envolvidos com a questão para a reunião no Palácio.

NOTA

O Governo do Estado da Paraíba, ciente dos efeitos e problemas causado pelas chuvas registradas nos últimos dois dias, criou uma comissão de trabalho permanente para traçar diagnósticos e viabilizar soluções para minimizar os transtornos que afetaram famílias paraibanas:

1)    Nas últimas 48 horas, choveu em média 250 milímetros no litoral do Estado. Pelo menos 26 cidades estão em estado crítico, com registros de famílias desabrigadas, municípios sem vias de acesso, desmoronamento e pontes que ruíram.

2)    Os serviços de monitoramento dos níveis de barragens, estradas, pontes e abastecimento de água estão trabalhando em estado de alerta, acompanhando as precipitações pluviométricas para acionar os setores competentes, com o intuito de levar assistência de forma mais rápida.

3)     Na Grande João Pessoa, a Estação Elevatória de Marés está inundada, o que ocasionou a interrupção do abastecimento de água. Situação semelhante ocorre na Estação Elevatória de Gramame, que corre riscos de parar. Diante disso, a Cagepa pede que a população redobre os cuidados com a economia de água, pelo menos nos próximos três dias.

Diante desse diagnóstico, o Governo do Estado tomou as seguintes medidas:

1)    Decretar situação de emergência e tentar, junto ao Governo Federal, mais recursos para viabilizar reparos e construção de pontes, estradas, ampliar acessos a cidades, como também ações de vigilância em saúde, para evitar epidemias.

2)    O Governo do Estado está convocando os prefeitos dos municípios de Araçagi, Alagoa Nova, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Campina Grande, Cruz do Espírito Santo, Gurinhem, Itabaiana, Ingá, João Pessoa, Juarez Távora, Lagoa Seca, Mamanguape, Mogeiro, Mulungu, Natuba, Pilar, Pirpirituba, Rio Tinto, Sapé, Salgado de São Felix, Santa Rita, Sobrado e São José dos Ramos para uma reunião nesta segunda-feira, 18 de julho, às 9h, no Palácio da Redenção. O objetivo do encontro é estabelecer parceria no sentido de solucionar os problemas ocasionados pelas chuvas, dentro das competências do Estado e do Município, e seguindo o que diz o Sistema Nacional de Defesa Civil.

3)    Por determinação do governador Ricardo Coutinho, a Polícia Militar está de prontidão para auxiliar o Corpo de Bombeiros nos chamados de pessoas desaparecidas e situação de resgate.

4)    Através de parceria com a Prefeitura de João Pessoa, o Governo vai disponibilizar carros-pipa para manter o fornecimento de água potável e possibilitar o funcionamento dos serviços essenciais à população, como hospitais, escolas e segurança.

5)    O Governo do Estado também pede a participação da população, no sentido de contribuir com doações para os desabrigados, tais como roupas, cobertores e alimentos.