Fale Conosco

17 de julho de 2011

Chuvas alagam unidades da Cagepa e provocam suspensão do abastecimento d’água



As fortes chuvas registradas nos últimos dias na Região Metropolitana de João Pessoa provocaram, na manhã deste domingo (17), a suspensão do fornecimento de água tratada em 28 bairros da Capital, todo o município de Bayeux e mais três localidades da cidade de Santa Rita. Segundo a Cagepa, ainda não há previsão para que o fornecimento seja restabelecido.

A suspensão do abastecimento de água vem atingindo as localidades que são atendidas pelabarragem de Marés. De acordo com o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, o fornecimento foi interrompido em virtude do alagamento de várias estações elevatórias.

“Vários motores e quadros elétricos das unidades elevatórias ficaram submersos. Depois de retirados, esses equipamentos terão que secar na estufa por 24 horas. Estamos trabalhando desde o início desta madrugada na tentativa de evitar que outros equipamentos sejam atingidos”, destacou o presidente da Cagepa.

Deusdete disse, ainda, que a partir desta segunda-feira (18) técnicos da Cagepa iniciarão a retirada dos equipamentos para secá-los nas estufas. “Porém, só vamos poder colocar os motores das elevatórias para funcionar quando o nível da água efetivamente baixar”, enfatizou.

O presidente da Cagepa explicou, ainda, que o alagamento das estações elevatórias foi motivado pelo sangramento da barragem de marés. Segundo ele, o lamina de sangria chegou a 0,50 cm, maior elevação registradas dos últimos anos.

Barragem de Gramame – Deusdete Queiroga revelou, também, que existe a possibilidade de outros bairros de João Pessoa e todo o município de Cabedelo ficar sem água. “As chuvas também provocaram o alagamento de unidades elevatórias na barragem de Gramame. Durante a madrugada fizemos algumas intervenções que podem evitar o desligamento do sistema. Porém, se o alagamento não cessar, temos que desligar os equipamentos e interromper o fornecimento”, explicou.

O presidente da Cagepa disse que a lamina de sangria da barragem de Gramame atingiu a maior elevação da história, chegando a 1,36 metros. “Nunca havia acontecido isso aqui em Gramame. Estamos trabalhando para evitar desligar o sistema, que é responsável por 70% do abastecimento de João Pessoa e 100% de Cabedelo”, observou.

Economia de água – Deusdete aproveitou para fazer um alerta à população. “É preciso que a população nos ajude a enfrentar esse problema. Economizar água a partir de agora é essencial, pois ainda não temos como precisar quando o sistema de Marés será normalizado e se o de Gramame será de fato desligado”, disse, acrescentando que as chuvas também têm prejudicado o abastecimento das cidades do Conde e Itabaiana.

Confira as áreas atingidas com a suspensão do fornecimento de água.

João Pessoa:

Jaguaribe

Centro

Varadouro
Baixo Roger

Roger
Tambiá
Alto Céu

Salinas Ribamar

Porto de João Tota

Vem-vem
Ilha do Bispo

Cordão Encarnado

Cruz das Armas

Oitizeiro
Funcionários I

Jardim Planalto

Bairro dos Novais

Torre
Jardim Treze de Maio

Bairro dos Ipês

Mandacaru
Expedicionários
Tambauzinho
Bairro dos Estados

Conjunto Pedro Gondim

Alto do Mateus

Conjunto Ivan Bichara

Conjunto dos Motoristas

 

Bayeux:
Todo o município
Santa Rita:

Distrito de Várzea Nova

Tibiri II

Conjunto Marco Moura