Fale Conosco

15 de janeiro de 2014

Centros de Assistência Social do Governo atendem cerca de 10 mil pessoas em 2013



O Centro de Referência Especializada de Assistência Social da Paraíba, CREAS, realizou no ano passado 9.821 atendimentos envolvendo idosos, pessoas com deficiência, crianças, adolescentes e adultos. Esses números são resultado de assistência realizada nos 91 CREAS da Paraíba, sendo 20 pólos regionais e 71 CREAS municipal.

Apenas de crianças e adolescentes, os atendimentos chegaram a 5.614, sendo 2.422 (43%) referentes a Negligência, seguido de Violência Psicológica, com 1.280 casos (23%), Violência Física e Abuso Sexual, ambos com 665 atendimentos (12% cada).

Sobre o aumento das denúncias de violência, a Secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, comentou: “Você têm os dois lados: Sabemos que houve o aumento, mas ao mesmo tempo a gente está vendo o resultado de um trabalho persistente que está sendo feito para que os CREAS sejam referência. O problema da violação de direitos é que as pessoas não vão denunciar, principalmente aquelas que vivem em vulnerabilidade social. Elas estão tão naturalizadas a serem violadas em seus direitos, que não denunciam. Este trabalho persistente está começando a dar resultado nos números”, explicou.

Serviço – O Centro de Referência Especializada de Assistência Social da Paraíba (CREAS) atende idosos, pessoas com deficiência, crianças, adolescentes e adultos em situação de vulnerabilidade. Quem tiver necessidade de procurar a instituição deve se dirigir a uma das 91 unidades espalhadas pelo Estado, que são divididas em 20 pólos regionais e 71 CREAS municipais. Outra opção é entrar em contato pelo telefone 123.