João Pessoa
Feed de Notícias

Centro formará profissionais para atender usuários de crack e outras drogas

quinta-feira, 28 de abril de 2011 - 11:15 - Fotos: 

Órgãos públicos e organizações não governamentais  estão unidos no Plano Estadual de Enfrentamento do Crack. O pacto foi firmado durante o lançamento do Centro Regional de Referência para Formação de Profissionais da Rede de Atenção aos Usuários de Crack e outras Drogas (CRR) como parte do plano “União pela vida contra o crack”, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano.

Presente no evento, Vladmir Andrade Estempliuk, diretor de Políticas Internacionais e Projetos Estratégicos da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), o objetivo do CRR é qualificar a rede de atenção aos usuários de drogas através da formação de seus profissionais em nível regional. “O conhecimento científico deve embasar, a partir de agora, todas as ações de prevenção, intervenção e reinserção social de usuários de drogas”, enfatizou.

A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano da Paraíba, Aparecida Ramos, disse que os altos índices de criminalidade contra os jovens, principalmente em João Pessoa, estão relacionados à violência do narcotráfico. Cida convocou os segmentos sociais paraibanos para enfrentar o problema das drogas, ressaltando que a questão extrapola os interesses político-partidários.

O lançamento do CRR ocorreu na terça-feira (26) na presença de autoridade e de representantes de vários setores da sociedade, como a primeira dama Pâmela Bório, o secretário de segurança Cláudio Lima, o juiz da Vara da Infância e Juventude, Fabiano Moura e Moura, a secretária executiva de Educação da Paraíba, Márcia Lucena, o subcomandante da Polícia Militar, Coronel Washington, a promotora da Infância e Juventude, Soraya Escorel, o promotor do Cidadão, Valberto Lira, os deputados Assis Quintãs e Trócolli Júnior, o chefe de gabinete da OAB-PB, Helton Renê, além do ex-usuário de crack Álvaro Carvalho Dias e de professores da UFPB, IFPB, UFCG, UEPB e representantes de ONGs como Amazonas, Essor, Remar.

Experiências de Pernambuco e São Paulo

No lançamento do CRR, foi apresentada a experiência do Governo do Estado de Pernambuco na área de enfrentamento às drogas, que se constitui no programa Pacto pela Vida. O projeto enfoca a prevenção e a redução da violência e da criminalidade, através de ações em rede de forma intersetorial. O trabalho ocorre numa perspectiva de articulação das ações já existentes no Estado através das câmaras de defesa social, enfrentamento ao crack, câmara de administração prisional, de articulação do Ministério Público e Defensoria, além da câmara de prevenção social.

A coordenadora da saúde mental do município de Sorocaba (SP), a psiquiatra Maria Clara Schnaidman, relatou as políticas públicas daquele município, em que a ideia central é instalar em cada comunidade um ponto de integração de serviços e estimular o envolvimento da população na busca por soluções para o problema do uso de drogas.