Fale Conosco

7 de fevereiro de 2018

Centro de Referência Fátima Lopes realiza ação preventiva no carnaval em Queimadas



Com o lema “Não é não! Na folia, todo mundo brinca. Com meu corpo não!”, o Centro Estadual de Referência da Mulher Fátima Lopes realiza ação de prevenção à violência sexual no carnaval 2018, nesta sexta-feira (9), no município de Queimadas, às 8h, no Pátio do Povo.

A ação relembra também os 6 anos do caso do estupro coletivo, o crime conhecido como a “Barbárie de Queimadas”, que vitimou cinco mulheres, duas delas assassinadas em 12 de fevereiro de 2012. Todos os acusados foram julgados e condenados.

A atividade terá caminhada pelas ruas da cidade, plantio de árvores e uma intervenção artística. A ação será realizada em parceria com a Prefeitura Municipal de Queimadas.

Mais informações sobre o serviço podem ser obtidas na Rua Pedro I, 558, no bairro São José. Telefone: 3342 9129.

Atendimentos – O Centro Estadual de Referência da Mulher Fátima Lopes, que funciona em Campina Grande, atua especificamente no acolhimento, atendimento psicológico e social, orientação e o encaminhamento jurídico.

Trata-se de um serviço de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e sexual oferecido gratuitamente pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), que durante o ano de 2017 atendeu 652 mulheres.

“A mulher que procura o serviço é acolhida pelas profissionais, que depois de escutá-la, realizam o atendimento e encaminham para outros serviços da rede de atendimento, quando necessário. O objetivo é que a mulher atendida alcance a resolução do seu caso, por meio do apoio institucional e do fortalecimento da sua autoestima”, disse a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares.

Segundo ela, as profissionais do serviço também atuam fortalecendo a rede de atendimento em mais de 30 cidades com formação e capacitação de profissionais. Do total de atendimentos, 46% dos casos são de violência física seguida de psicológica. Em 2017, mais de 17 municípios foram visitados pela equipe. “Foram 64 atividades realizadas nestas cidades e um público de 1.923 pessoas capacitadas”, afirma a coordenadora do Centro de Referência, Isânia Monteiro.