Fale Conosco

17 de agosto de 2012

Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador promove capacitação em proteção respiratória



Cerca de 60 servidores do Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (Cerest-PB) e do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de João Pessoa (Cerest-JP) participaram de capacitação sobre proteção respiratória, realizada, durante toda semana, no auditório do órgão estadual, na Capital. O curso de Proteção Respiratória é promovido pelo Cerest-PB em parceria com a Fundação José Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro), do Ministério do Trabalho e Emprego.

De acordo com o diretor administrativo do Cerest-PB, Ricardo José Brindeiro, na capacitação, que envolveu servidores de Patos, Campina Grande e João Pessoa, foram fornecidos subsídios para a elaboração de uma proposta de Programa de Proteção Respiratória a ser implantada nas empresas paraibanas. “Nosso objetivo é tornar os profissionais das diversas áreas que participaram da capacitação em agentes multiplicadores, a fim de promover ambientes de trabalho seguros e saudáveis para os trabalhadores paraibanos”.

O coordenador da Fundacentro-PE, José Hélio, destacou a importância da implantação de programas de proteção respiratória nas empresas. “É alarmante o número de acidentes e doenças que acometem os trabalhadores pelo descuido com o ambiente de trabalho. Os profissionais ficam expostos a gases e vapores tóxicos, em espaços confinados, sem a devida utilização de equipamentos de segurança. São situações de risco que podem levar o trabalhador a morte, por isto, precisamos atentar e promover capacitação na área da proteção respiratória”.

 

Durante a capacitação, o ministrante do curso, o chefe do Laboratório de Ensaios da Fundacentro, Antônio Vladimir, explicou que a preocupação com a proteção respiratória não está apenas atrelada à utilização de máscaras, mas ao procedimento adequado do uso do equipamento. “Tivemos o cuidado de agregar informação e esclarecer dúvidas e procedimentos na prevenção de doenças pneumoconiosas, como silicose, siderose e asbestose, todas acusadas pela inalação acumulativa de poeiras tóxicas”.

 

Cerest – Os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) promovem ações para melhorar as condições de trabalho e a qualidade de vida do trabalhador por meio da prevenção e vigilância.

 

Cabe aos Cerest capacitar a rede de serviços de saúde, apoiar as investigações de maior complexidade, assessorar a realização de convênios de cooperação técnica, subsidiar a formulação de políticas públicas, apoiar a estruturação da assistência de média e alta complexidade para atender aos acidentes de trabalho e agravos contidos na Lista de Doenças Relacionadas ao Trabalho e aos agravos de notificação compulsória citados na Portaria GM/MS nº 777, de 28 de abril de 2004.