João Pessoa
Feed de Notícias

Centro de Reeducação Feminina recebe atendimentos jurídico e de saúde

sábado, 23 de março de 2013 - 16:00 - Fotos: 

Neste sábado (23), o Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, presídio de João Pessoa que abriga 70% das detentas da Paraíba, recebeu a visita de serviços médicos, odontológicos e jurídicos, frutos de parceria com a Organização Cidade Viva. Um sábado por mês, voluntários, psicólogos, fisioterapeutas, odontólogos, juristas e médicos de várias especialidades fazem uma visita a presídios, em especial ao feminino, com o objetivo de oferecer apoio e ações de saúde à população carcerária.

“Há aproximadamente dois anos a Cidade Viva tem um convênio firmado com o Governo do Estado e uma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária em oferecer serviços aos presídios, em especial, ao presídio feminino. Uma vez por mês, recebemos a visita de voluntários de várias especialidades. É uma parceria proveitosa e que traz muitos benefícios às detentas. Apesar de o Governo do Estado ter uma preocupação muito grande com a saúde das detentas e termos aqui uma equipe nossa, a demanda é muito grande”, explicou a diretora do Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, Cinthya Almeida.

Recebendo apoio jurídico, estava a detenta Ana Emília, que há apenas 17dias deu à luz à sua bebê. Ela está presa há cinco meses e chegou grávida ao Julia Maranhão. “Estou amamentando e fiquei sabendo que ela pode ficar até os seis meses comigo. Depois, ficará com minha família”, disse Ana.

Ela relata que sua prisão se deu ao tentar defender seu irmão, mas acabou acusada de associação com o tráfico. Ana conta que ainda aguarda a sentença final do juiz e ainda não sabe por quanto tempo ficará presa. Durante o atendimento jurídico ela falou: “Vim tentar entender o processo e saber como está o andamento e se já houve alguma resposta”. E acrescentou: “Me arrependi. Não era para ter agido como agi, assim não estaria aqui”.

Esta semana, em comemoração ao mês da mulher, o Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão recebeu ainda atividades esportivas, culturais e de lazer, promovidas pela Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), em parceria com a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).