Fale Conosco

7 de outubro de 2012

Centro de Comando registra tranquilidade no início do pleito eleitoral em João Pessoa



As primeiras horas de votação nas Eleições 2012, em João Pessoa, foram marcadas pelo clima de tranquilidade. Até às 10h30 deste domingo (7), o Centro de Comando e Controle das Eleições, instalado no Fórum Eleitoral da Capital, não havia registrado nenhum ocorrência de destaque.

Das três denúncias recebidas referentes à compra de votos, todas foram averiguadas e nenhuma confirmada. No Centro de Comando e Controle atuam representantes da Justiça Eleitoral e das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária Federal. O objetivo é possibilitar a repressão imediata a crimes eleitorais ou de outra natureza.

São coibidas irregularidades como boca de urna, transporte não autorizado ou irregular de eleitores e donativos; manifestação ou aglomeração em favor de candidato, venda de bebida alcoólica durante o período da “Lei Seca” e perturbação da ordem pública (desordens).

“Até agora temos um saldo positivo e isso se deve ao trabalho integrado de todas as forças policiais, que estão empenhadas para garantir a segurança do pleito. Esperamos que a tranquilidade permaneça durante todo período de votação”, afirmou o delegado Francisco Deusdedit, um dos coordenadores do Centro de Comando.

As denúncias de crime eleitoral devem ser feitas pelo telefone 3512-1043 e serão averiguadas em tempo real.

Efetivo – Em todo o Estado, mais de 10 mil policiais civis, militares e bombeiros militares estão trabalhando para garantir a segurança dos eleitores. Desde a última terça-feira (2), também está em andamento a operação Voto Seguro. Um total de 8.500 militares realiza policiamento ostensivo nas eleições 2012 em todo o Estado.

Para dar agilidade ao trabalho, foi desenvolvido de forma pioneira pelo setor de Tecnologia de Informação da Polícia Militar da Paraíba o novo sistema de monitoramento de ocorrências em tempo real, abastecido com dados que vão desde a quantidade de eleitores e candidatos até os serviços sociais oferecidos em cada região (hospitais, delegacias) e as autoridades presentes na localidade (promotores, juízes, delegados) em todos os 223 municípios do Estado.

“Todo o efetivo está empenhado para atender às demandas da Justiça Eleitoral e esperamos que prevaleça o exercício da cidadania”, afirmou o comandante do Policiamento da Região Metropolitana de João Pessoa, tenente coronel Jefferson Pereira da Costa e Silva.