João Pessoa
Feed de Notícias

Cenário político atual brasileiro é tema de debate de escola estadual em João Pessoa  

segunda-feira, 28 de agosto de 2017 - 09:48 - Fotos: 

Diante de uma forte crise política que o país atravessa, a Escola Estadual Daura Santiago Rangel, no bairro José Américo, em João Pessoa, abriu espaço para que alunos e professores do turno da noite debatessem o “O Cenário Político Atual Brasileiro” com um dos jornalistas de política mais experientes da Paraíba, Wellington Farias, que completou no último mês de junho 40 anos de exercício da profissão.

Impeachment da presidente Dilma, Governo Temer, corrupção na política e reforma trabalhista foram alguns dos temas debatidos pelo jornalista em debate franco e aberto com alunos. Como costuma ser polêmico, irônico e brincalhão em suas opiniões no rádio, manteve também na palestra o mesmo tom de franqueza de seus posicionamentos políticos. Wellington Farias não fugiu de perguntas áridas dos alunos nem de embates que trava muitas vezes em seus comentários no rádio ao meio-dia ao lado de Heron Cid e de Fabiano Gomes, agora na rádio do Sistema Arapuan. Mas foi pela experiência no jornalismo político e aguçado senso social, sobretudo, pela defesa da educação pública, que a Escola Daura Santiago também o convidou para o debate.

Para aluna Rosângela Pereira dos Santos, do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Daura Santiago Rangel, “o debate sobre cidadania política é importante porque esclarece medidas e projetos em cursos no país e a possibilidade de discutir e de tirar dúvidas é fundamental, principalmente para os jovens que vão votar pela primeira vez e estão com muitas dúvidas e sem noção do que está acontecendo em nosso país para tomar uma decisão”, comentou.

O estudante André Luiz Mendonça da Silva parabenizou a direção da escola do turno da noite por realizar um debate com o jornalista Wellignton Farias sobre o cenário político brasileiro atual para os estudantes. “O mais importante foi que o palestrante desde o início ficou aberto para debater os diversos temas com os alunos e professores, tirando dúvidas, respondendo muitas vezes de forma contundente, o que foi enriquecedor para a comunidade escolar”, frisou.

Pluralidade de opiniões no debate – O debate político tão aguçado no país atraiu até mesmo ex-alunos da Escola Daura Santiago. O estudante Manoel de Oliveira Celestino, que concluiu o ensino médio, discordou de algumas respostas do debatedor, mas elogiou a realização. “O cenário político brasileiro está muito mais conturbado devido a má gestão dos últimos governantes. Acredito que a eleição de 2018 possa melhorar esse cenário. Discordo de alguns pontos de vistas do debatedor, mas isso faz parte da democracia”, declarou o estudante. Para outro ex-aluno, Pedro Paulo Medeiros de Morais, “é importante debater a temática no interior da Escola como forma de trazer mais consciência política à comunidade escolar, principalmente para aqueles que não estavam entendendo a finalidade de certas reformas realizadas no país”, acrescentou.

A vice-diretora da Escola Daura Santiago Rangel, Michelle Dantas, afirmou que “o debate é importante como forma de gerar consciência política dos estudantes do turno da noite, pois a discussão política está confusa e muito viva no cenário atual do país. O debate trouxe também esclarecimentos sobre os impactos da reforma trabalhista na vida dos estudantes que já estão no mercado de trabalho e eles precisam se inteirar das leis trabalhistas que estão em mudança. Acredito que quanto mais debate houver, melhor para a democracia do país”, declarou.

Formação cidadã do aluno – Para a professora de sociologia do Daura Santiago, Acsia Lino de Alencar Gregório, “trazer o debate sobre a cidadania e política para o interior da escola é vital no atual momento. Não podemos deixar de lado essas oportunidades para esclarecer dúvidas, mas também amadurecer a vivência da democracia em nosso país que é, justamente, a pluralidade de opiniões. Se estamos nessa crise política e de ética é porque falhamos como cidadãos também. Contudo, o debate foi importante por estimular a participação dos alunos com as mais diversas perguntas para o debatedor e isso é o pedagógico, mostrando a diversidade de opiniões. Essas discussões fazem parte da formação crítica e cidadã do aluno, mas a realização do debate foi ainda parte do processo pedagógico. A discussão agora segue para o interior da sala de aula com os trabalhos sobre a temática debatida, novas discussões e a síntese”, avaliou a professora de sociologia.

Para o professor de matemática, Helder Macedo, que mediou o debate, “um ciclo de debate como esse enriquece o aluno para tratar com mais gabarito a política e a conscientização para poder, inclusive melhorar a sua visão de mundo com argumentos para as provas do Enem. Cada aluno teve a liberdade de perguntar e questionar o debatedor que se manteve aberto para discutir temas atuais e fortes da política nacional”, frisou.

Homenagem pelos 40 anos – Ao final do debate, a Escola Estadual Daura Santiago fez uma pequena homenagem pela passagem dos 40 anos de jornalismo de Wellington Farias, presenteando o jornalista com o livro recém-lançado do filósofo político, Renato Janine Ribeiro, intitulado de “A Boa Política”.  “Quero agradecer a direção da Escola Professora Daura Santiago Rangel pelo convite e homenagem, mas creio que o mais importante é a abertura do espaço para um debate franco sobre o cenário político e as reformas em curso. Essa liberdade de debater temáticas, inclusive trazendo o contraditório, é sempre salutar e muito importante para a formação dos jovens e a própria democracia, pois se tivéssemos numa ditadura com certeza não poderia realizá-lo. É preciso exercer e viver a democracia e o debate é uma dessas etapas”, declarou o jornalista.