João Pessoa
Feed de Notícias

Cefor–RH participa de oficina para discutir o fortalecimento e o controle social no SUS

sexta-feira, 4 de outubro de 2013 - 18:04 - Fotos: 

O Centro Formado de Recursos Humanos (Cefor-RH), órgão da Secretaria de Estado da Saúde, está participando nesta sexta-feira (4) e sábado (5) de uma oficina para discutir o fortalecimento do Sistema Único de Saúde, o SUS, financiamento e Educação Popular. O evento, que está sendo promovido pela Rede de Usuários dos SUS, acontece no auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa, e conta com a participação de 60 pessoas entre conselheiros e lideranças de saúde dos Estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, que já tema sua Rede formada, além de professores e estudantes da UFPB que fazem curso de extensão.

De acordo com o diretor do Cefor-RH, Volmir José Brutecher, o evento também conta com a parceria da Universidade, por meio do Projeto de Educação Popular em Saúde. Ele explica que hoje um dos grandes problemas em relação ao SUS diz respeito ao subfinanciamento e para tentar reverter esse problema, ele explicou que recentemente foi lançado em todo o Brasil o projeto de iniciativa popular Saúde + 10 estabelecendo que a União deverá aplicar, anualmente, em ações e serviços públicos de saúde, montante igual ou superior a 10% de suas receitas correntes brutas.

Além disso, segundo o diretor geral do Cefor, é preciso investir em Educação Popular que, segundo ele, é fundamental que a sociedade tenha conhecimento e informação sobre o funcionamento do SUS para que possa discutir, propor ajudar a fiscalizar o serviço. “A imprensa só mostra propagandas positivas de drogarias e farmácias, mas quando se trata do SUS a imagem é sempre negativa, quando, na verdade, temos o melhor e maior plano de saúde”, destacou Volmir José.

Neste sábado (5), no encerramento do evento, será lançada oficialmente a Campanha Pelos Direitos Humanos a Saúde em Defesa do SUS compostas por peças publicitárias, entre camisetas, cartazes, e vinhetas e cartões postais, que vão abordar o funcionamento do SUS. Também acontecerá o lançamento do caderno “Direitos Humanos à Saúde e Participação Popular”, de autoria de Volmir José Brutecher.