Fale Conosco

16 de julho de 2013

Cefor-PB inicia oficinas pedagógicas para profissionais dos cursos técnicos



O Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), que faz parte da Secretaria do Estado da Saúde (SES), está realizando Oficinas Pedagógicas voltadas para os coordenadores e professores dos cursos técnicos oferecidos pelo Cefor-PB. Terça e quarta-feira (16 e 17 de julho) a oficina é voltada para os coordenadores e professores das turmas dos cursos de Hemoterapia, Técnico de Vigilância em Saúde e Técnico em Saúde Bucal das 1ª e 2ª macrorregiões de Saúde (João Pessoa, Campina Grande, Cuité e Monteiro). Já nos dias 24 e 25 de julho (quarta e quinta-feira), a oficina será voltada aos profissionais dos cursos das 3ª e 4ª macrorregiões de Saúde (Patos, Princesa Isabel, Catolé do Rocha, Cajazeiras e Sousa).

As oficinas são promovidas por meio da Direção Geral, Pedagógica e Coordenação Estratégica do Cefor-PB, e acontecem durante todo o dia, das 8h às 17h, fazendo uma pausa para almoço. Durante os quatro dias de encontro, serão discutidos, avaliados e direcionados pontos importantes para a andamento das turmas, como Trabalhos de Conclusão de Cursos (TCC), Metodologias de Aprendizagem, Avaliação do desempenho dos alunos, entre outros.

Segundo o diretor geral do Cefor-PB, Volmir Brutscher, essas oficinas avaliam e buscam criar uma identidade para seus cursos. “Queremos criar uma identidade enquanto Cefor-PB e com nossos professores e coordenadores, pois os cursos são descentralizados. A intenção dessas oficinas pedagógicas é minimamente aproximar o Cefor-PB como instituição com os professores e coordenadores, ouvir e avaliar esses profissionais”, disse.

No primeiro dia de oficina 30 profissionais estiveram presentes. De acordo com Wolmir, o foco da oficina é o processo de ensino-aprendizagem no serviço, estágio, e o TCC. “Estamos trabalhando muito com diário de campo, portfólio e avaliação, pois temos aqui profissionais em estágios diferentes. O objetivo final e maior desse evento é qualificar o trabalho desses profissionais do SUS. Apresentamos alguns objetivos e textos para discutir com os coordenadores e professores a concepção de avaliação, compreendendo a avaliação como parte do processo pedagógico”, explicou.

Para mais informações sobre a saúde do estado, acesse:

facebook.com/SaudePB

twitter.com/sesgovpb

instagram.com/sesgovpb