Fale Conosco

5 de janeiro de 2018

Cedmex de Campina Grande divulga balanço de atendimentos em 2017



3ª_GRS_Campina_GrandeO Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcionais (Cedmex), que funciona na 3ª Gerência Regional de Saúde (GRS), sediada em Campina Grande, realizou, no ano de 2017, 81.973 dispensações de medicamentos para 6.669 diferentes patologias cadastradas no Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas (PCDT). Ainda segundo o balanço de atendimentos, divulgado pela coordenadora do Cedmex, Hilce Santiago Loureiro, foram abertos 2.147 novos processos no ano passado, sendo 17 com a medicação de Talidomida.

A média de atendimentos para solicitação de informações, acréscimo de medicamentos em processos já existentes foi de 28 pacientes por turno, totalizando, no ano, 13.440 atendimentos. Em relação aos pacientes efetivamente cadastrados mensalmente, a média é de 180 por mês. Os medicamentos entregues pelo Cedmex são adquiridos diretamente pelo Ministério da Saúde, financiados com recursos repassados pelo Governo Federal ou pela própria Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Os medicamentos de maior demanda no Cedmex são para insuficiência renal crônica, asma, dislipidemia, artrite reumatoide, esquizofrenia e transtorno afetivo bipolar. A gerente da 3ª GRS, Tatiana Medeiros, explicou que o Cedmex tem como uma das principais características a transparência do atendimento. Desde o momento em que o paciente é cadastrado no serviço, ele acompanha todo o processo para a retirada do seu medicamento e todos os procedimentos são feitos na sua presença.

Atualmente, o Cedmex tem aproximadamente 23 mil pacientes cadastrados dos 42 municípios da área de abrangência da 3ª GRS.

O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h até o encerramento do horário de entrega de fichas, que é de 15h, e os pacientes que chegam até esse horário são atendidos normalmente. Em Campina Grande, o serviço funciona na sede da 3ª GRS, ao lado do Terminal Rodoviário de Passageiros, no Catolé.