Fale Conosco

11 de fevereiro de 2015

CEDCA repudia assassinato de conselheiros e de idosa em Pernambuco



O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCA-PB distribuiu nota de repúdio, na manhã desta quarta-feira (9), contra o assassinato de três conselheiros tutelares no município de Poção, em Pernambuco, e de uma idosa.

A chacina aconteceu na noite da última sexta-feira (6), quando uma criança, que estava sob a guarda dos avós maternos, estava voltando de uma audiência na Vara da Infância e da Juventude junto com os conselheiros tutelares, no exercício de suas funções, e a avó. Do grupo, apenas a criança escapou. A polícia de Pernambuco está investigando o caso.

“Ao recebermos a notícia do brutal assassinato desses três defensores de direitos humanos de crianças e adolescentes e da avó da criança ficamos indignados, tendo em vista a dificuldade de efetivação do Estatuto da Criança e do Adolescente, que neste ano completa 25 anos”, disse.

Ela destacou que o CEDCA-PB colocará uma faixa preta em frente ao estabelecimento, sinalizando luto, e sugere o mesmo a todos os Conselhos Municipais e Conselhos Tutelares do Estado da Paraíba como forma de mobilização.

“Esta mobilização será feita em todo Brasil; alguns Conselhos, inclusive, vão paralisar as atividades. Esperamos que a justiça seja feita na apuração do caso e que os responsáveis sejam responsabilizados e punidos”, ressaltou.