João Pessoa
Feed de Notícias

Professores da rede estadual recebem premiação da Fundação Banco do Brasil

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 - 16:21 - Fotos:  Secom - PB

Dois professores da rede estadual de ensino foram premiados no 3º Concurso Aprender e Ensinar – Tecnologias Sociais, promovido pela Fundação Banco do Brasil e Revista Fórum. Os docentes Monassés Marques da Nóbrega, de Pombal, e Gleicimere Silva Oliveira, de Barra de Santa Rosa, foram selecionados entre 82 docentes inscritos em toda a Paraíba e vão representar o Estado na etapa nacional do concurso, nesta sexta-feira (22) e no sábado (23), em Brasília (DF).

A premiação estadual ocorreu na sexta-feira (15), na Gerência Regional de Gestão de Pessoas do Banco do Brasil, e contou com a participação de autoridades da Secretaria de Estado da Educação (SEE) e dos municípios que tiveram escolas contempladas.

O professor Monassés Marques, que ensina na Escola Estadual Monsenhor Vicente Freitas, participou do concurso com o projeto Nossa Caatinga de Cada Dia. “Ele trata da aproximação de grupos de alunos com a conservação e sustentabilidade do bioma da caatinga de modo a criar uma concepção de ética e preservação, transformando o indivíduo num ser capaz de conviver com o meio ambiente preservado e de passar esse conhecimento e exemplo para outras pessoas da comunidade”, explicou.

Já o projeto da professora Gleicimere Silva consistiu na produção de cartas para o prefeito de Barra de Santa Rosa. “Em grupo, os alunos produziram cartinhas solicitando empenho do gestor municipal para que, em uma ação coletiva, pudéssemos resolver ou até mesmo atenuar a situação de preservação dos mananciais de água que abastecem nossa cidade”, esclareceu.

O concurso - O 3º Concurso Aprender e Ensinar – Tecnologias Sociais contou com 4.695 inscritos em todo o País, sendo 1.412 professores da Região Nordeste, dos quais 82 da Paraíba. No Brasil, são 65 finalistas, mas somente seis (um de cada região do Brasil e um de Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia) sairão vencedores. Os seis premiados irão participar do Fórum Social Mundial 2013, em março, na Tunísia, além de receber, cada um, um tablet, um troféu e uma assinatura anual da Revista Fórum.

O concurso é realizado a cada dois anos e busca fomentar o debate entre professores e estudantes sobre o uso de tecnologias sociais na educação e em projetos de desenvolvimento local. Ele é direcionado a professores da Educação Básica que atuam na rede pública de ensino, Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e Escolas Técnicas.